Google+ Badge

sábado, 9 de outubro de 2010


Dor

A dor flagrou o meu sorriso

Sem querer, num momento preciso

Distraída… Ela tomou posse de mim

Pediu-me um cigarro

E na iminência de perder-me completamente, eu dei.

Olhou me com escárnio, perguntou-me as horas

E me roubou um beijo.


Janaina Cruz

5 comentários:

  1. Janaina Cruz!

    Que bom contar com você lá em meu Recanto (Agora o Blog). É alegria recebê-la. É a força profunda das palavras que em formas de asas sobrevoam o Planeta. Torço que você seja muito feliz com o seu blog!
    Você fala em dor. Muitas vezes a dor passa a ser um remédio. Quando sentimos dor é sinal de a alma ou o corpo estão reagindo. Quase sempre para se livrar de uma idéia, (se for o caso, não é?) é mudar para outra idéia completamente diferente, como se fôssemos anestesiados para não sentir determinada dor.
    Um grande abraço. Torço para que você ganhe grandes amigos na Blogosfera!

    ResponderExcluir
  2. Lindo isso jana, me trouxe algumas inspirações devo confessar. A todo tempo nosso sorriso é vigiado... por alguns apreciado e por outros invejado. Alguns são convidados, pegos pelo vigário, nos deixamos envolver... Amei, sempre um prazer. Adorooo!

    ResponderExcluir
  3. E a dor é a principal amante daqueles que escolhem viver sem cultivar ilusões momentâneas.
    Belo poema, "menininha".
    Percebo ser de família o dom para a compreensão do que está além de si.
    Que bom!
    Espero que esteja bem.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Quando a dor chega ela nos tira quase tudo. Não podemos deixar que ela nos tire a esperança...
    ADorei o espaço! Vou passar aqui sempre!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Janaína, querida,
    que delícia é o seu blog.
    vc faz um trabalho bonito nas montagem para
    fotografar ... e gostei muito do teu jeito de 'encarar a vida' que vi nos escritos .......
    bjs pra vc ..

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...