Google+ Badge

terça-feira, 17 de maio de 2016

Curvas


Em teus braços, borboletas mortas.
Agudas cores cortadas ao meio
És vermelha...
Asas crestadas
Tremulas mãos...
A luminosidade dos meus olhos
Perdem-se em tuas curvas,
Em tuas coxas...

Janaina Cruz

6 comentários:

  1. Depois de 3 anos sem escrever ou ler poesia eu volto e reencontro teu blog... fiquei tao feliz!
    Mais feliz ainda em saber que continuas escrevendo, e que teus versos estão cada vez mais belos.
    Sigo-te uma vez mais.

    ResponderExcluir
  2. Olá querida amiga!
    Mais uma obra de arte em seu nobre espaço, é sempre um prazer lhe visitar.
    Grande abraço e muito sucesso!

    ResponderExcluir
  3. Poetisa você sempre bela também nas palavras, tenha uma maravilhosa tarde, beijos !!!

    ResponderExcluir
  4. Boa noite Janína, venho deixar um carinho para voce que sempre me inspira e escreve deliciosamente, amo tuas poesias!
    beijos

    http://ulissespoemas.blogspot.com.br/2016/07/nunca-e-tarde.html

    ResponderExcluir
  5. Lindo teus escritos, vim deixar o link do poema que te fiz, espero que sempre venha me visitar, beijos !!!!

    http://ulissesreis.blogspot.com.br/2016/07/nunca-e-tarde.html

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...