Google+ Badge

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

ALICE NO PAÍS DA AGONIA



Exilado o coração no peito só respira saudades, saudades acompanhando o cortejo das horas
A cidade leva a nossa saudade, no turbilhão caótico e mesquinho, no correr de nossos passos,
Sempre apresados e atrasados para tudo.
É preciso trabalhar, é preciso estudar, é preciso comprar a feira...
O espelho a confundir a minha imagem sorri o sorriso de outro alguém, digo bom dia para as pessoas que encontro pelas ruas e elas me respondem frases entre aspas.
O relógio de pulso quer que eu corra contra o tempo, mas as esquinas são todas tortas, o calibre do coração não combina com o asfalto molhado, há fome de vida, há mágoas quase esquecidas, há espasmos e esse hiato ancorado na cabeça.
Sou eu Alice no país da agonia, falando pelo coelho:
- É tarde, muito tarde, muito tardes, tarde, tarde, tarde.

JANAINA CRUZ

34 comentários:

  1. Respostas
    1. A dor faz parte do nosso viver Ana, as vezes é por causa dela que registramos as cenas por mais tempo.

      Excluir
  2. Um verdadeiro show, Janaina. Demaissss. Beijossss

    ResponderExcluir
  3. Isto é o que os sentir vivos.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A dor nos acorda muito mais que as dormências...

      Excluir
  4. Lindo Blog, lindos textos. Apaixonei-me por isso aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei eu muito, muito feliz por isso Caroline!

      Excluir
  5. Ah, então deve ser a Síria! Onde o presidente Bashar al-Assad, acha que o país é o quintal da sua casa.



    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs... Mapeação inteligente e precisa J Araújo!

      Excluir
  6. Minha querida

    Infelizmente o tempo corre sempre apressado e nem temos tempo para o viver.
    sempre muito belo o que escreves e eu adoro ler-te.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo sempre nos aprisiona sempre tenta nos deter...

      Excluir
  7. Saudade é algo que não pode deixar de ficar...

    ResponderExcluir
  8. De Mestre, eis que o tempo não combina com a paz
    de que a alma tem fome.
    Um gosto te ler!
    Beijinho Janaina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apreciávelmente perfeito seu comentário Manuela, muito obrigada!!!

      Excluir
  9. que pena que seja tarde
    fiquei triste.
    lindo dia bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre vamos encontrar novos motivos minha amiga, por isso o tarde é véspera do recomeço.

      Excluir
  10. Oi Janaína! Gostei demais da comparação. Às vezes nos pegamos com a pressa do coelho e a falta de rumo e tempo da Alice. Convém raciocinar na hora, mas quem consegue? Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo uma loucura a vida meu amigo, as coisas como ficam com o passar do tempo...

      Excluir
  11. Querida amiga

    O que dizer
    diante de
    tantas verdades...

    Que todos os dias
    os sonhos nasçam em ti,
    como nasce o sol pela manhã...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que o tempo leia as tuas palavras e transforme-as na mais admirável realidade meu amigo.

      Excluir
  12. Olá amiga, mais uma bela obra literária.
    Gostei da analogia, perfeita!
    Grande abraço e continue com seu talento!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Evandro, fico muito grata por sua visita.

      Excluir
  13. Estou atrasado! Estou atrasado... Para quê?
    Eu não me atraso mais, nem adianto... ando devagar porque já tive pressa - não é assim que diz a canção? Bela analogia, minha querida!!!
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É melhor seguir a assim minha doce amiga, o tempo não pode nos aprisionar de forma alguma.

      Excluir
  14. não entendo os comentários em alguns blogs ahaha

    mas bem o comparativo com Alice foi bem feito, a própria fábula deveroia retratar alguém com muitas dúvidas e agonias sendo perseguida por gente que ora servem chá ora querem decapitar-nos

    sempre bom Jana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a nossa fábula real meu amigo, e não há magia que nos faça fugir disso...

      Excluir
  15. Belo poema,a existência humana é triste por vezes, nos parece realmente estarmos vivendo em um país de agonia. Beijos poéticos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou pelo menos passando férias por lá meu amigo... rs

      Excluir
  16. Às vezes Jana, os papéis se invertem mesmo.
    No mundo da fantasia, sempre surge um "chapeleiro louco" que nos vira a vida do avesso, nos confunde e achamos ser tarde demais.... às vezes é.... e outras são somente loucos com o intuito de nos virar do avesso....
    Bj grande!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anita minha florzinha, é por isso que temos que procurar urgentemente nossos manuais... Onde estão? Onde? Onde? Onde? rsrs

      Saudades infinitas de ti mocinha!

      Excluir
  17. Ótimo, como te disse, sou apaixonada pela Alice. Escreves muito bem. Agora vou indo, pq é tarde, estou com pressa.

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde Janaina,
    Sou editora no blogue "Pense fora da caixa".
    Gostámos muito da sua escrita, que pudemos ler aqui.
    Gostaria de a convidar a colaborar como autora no "Pense fora da caixa" de forma regular.

    Pode visitar o blogue aqui:
    => Pense fora da caixa

    Não pretendo deixar um comentário demasiado longo, mas agradeço a sua resposta por email aqui: penseforadacaixa@hotmail.com e dpmorais73@gmail.com
    Poderemos responder com informações completas sobre o projeto!

    Muito obrigada!
    Até breve.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...