Google+ Badge

sábado, 10 de março de 2012

O construtor de escadas


Vivia de cigarros, um março e meio por noite
Enamorado de estrelas baixas, que vagavam em seu quintal
Insetos incansáveis lhes zumbiam ao ouvido.
Já fazia muito tempo que odiava a humanidade...
-São todos tão baratos, inclusive eu.
Neglicenciar sua família agora era trivial.
 O tempo lhe ensinou a ser canhestro e desconfiado.
Amou a muitas mulheres em disformes vestidos baratos.
Murmurou que era lenda esse tal de amor.
Sentimento que lhe oprimia a respiração
Dando-lhes pontadas no estomago.
Toda vez que amou alguém sentiu-se um estúpido!
Tudo não passava de um vexame.
Não havia alegria em seu rosto fraco e lupino.
No ócio do amor, aprendeu a construir escadas:
Pequenas, grandes, escuras, baratas...
Como se tentasse assim diminuir a sua pequenez.
Escadas domingueiras, essas tinham um sabor de perdão.
Gostava de faze-las com a luz da lua caindo sobre o seu corpo
No silencio crepuscular da solidão.
Sua vida já não mais reverberava,
Esfomeado e esquálido desejou subir ao céu
Logo parou:
-Estúpidas escadas desprezam-me nesse frio pálido!
Tomado por uma espécie de raiva impotente
Gritou! Mas sua voz enfraquecia a medida que gritava.
Não ousou mais distinguir realidades
Sonolento deitou-se ao chão abraçou a grande escada,
Fechou os olhos e dormiu...

Janaina Cruz

7 comentários:

  1. Muito bom o teu poema, Janaina.
    Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  2. Amanhã há de ser outro dia.
    Poema lindo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Lembrei-me de "Stairway to heaven" dos Led Zepplin.
    Um texto muito forte e bem elaborado que nos faz ver... o fim do caminho!
    Um caminho que queremos sempre evitar...
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  4. Escadas e lugares inatingíveis.
    Gosto.
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  5. Janaína, parabéns pelo poema. Às vezes, é preciso parar de lutar contra o que temos e simplesmente se deixar entregar...

    Abraços sempre afetuosos.

    Fábio.

    ResponderExcluir
  6. Uma saga bem construida amiga.Talento puro.Meu carinhoso abraço.Bom fim domingo com amor e alegria.

    ResponderExcluir
  7. Lindo seu poema amiga querida.
    Tens um enorme talento concordo com nosso amigo Toninho.
    Beijos meus com carinho.
    Evanir.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...