Google+ Badge

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010



Fadas

Desde datas ancestrais elas sempre vieram aqui

Mergulhadas nos matagais

E nas ramas dos jasmins.

Desde crianças convidava as

Para chafurdar

Para brincarmos por entre as árvores e no impossível mergulhar,

Nas janelinhas dos meus olhos

Muitos sonhos vislumbrar

Mas chega um tempo em que crescemos

Em que as esquecemos

Usamos trincos e trancas

Deixamos do lado seus brilhos e esperanças...

Lá fora

Em nobres folhagens

Brincam as fadas

Tão engraçadas,

Tão atrapalhadas,

Estão tentando se fazer notar.


Janaina Cruz


Poeminha meu no fio de Ariadne claque aqui!, obrigada Vanessa!!


111 comentários:

  1. Eu acredito em fadas, acredito, acredito!

    Mt bom seu poema, e seu blog!

    Tbm te sigo!
    Bjao!!!

    ResponderExcluir
  2. Janaína, vim avisar que tem mais um poema seu lá no blog. Que lindo este aqui das Fadas! Adorei.

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Uma poesia que nos fala de um mundo infantil,
    como é bom ser criança! sonhos infantis...
    gostei!

    ResponderExcluir
  4. Esse poema, foi perfeito pro meu dia: Tô precisando acreditar em fadas, e em contos de fada!

    ResponderExcluir
  5. E quando temos mais idade
    não à fadas nem à fado
    que nos venha desencantar
    não admitimos desobediência
    vai-nos faltando a paciencia
    para elas virem "chafurdar"

    beijinho,
    José.

    ResponderExcluir
  6. Eo seu blog é um mar de belas poesias. Também lhe sigo.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Olá, linda menina! Em primeiro lugar, obrigada pela visita! hehehe.. realmente eu ando "meia lesa..."
    E, olha, fiquei encantada com o eu blog. A alma em versos...
    Parabéns! Voltarei...

    ResponderExcluir
  8. Ah eu amo fadas, desde pequenininha rss
    Adorei a foto, linda demais.
    Beijos amiga.

    ResponderExcluir
  9. as fadas ainda povoam os meus sonhos e realidades
    kis :=)

    ResponderExcluir
  10. Adorei sua visita e o seu jardim!
    Obrigada! Flores pra você!

    ResponderExcluir
  11. Sublime Poetiza Amiga e de Excelência:
    "...Desde datas ancestrais elas sempre vieram aqui
    Mergulhadas nos matagais
    E nas ramas dos jasmins.
    Desde crianças convidava as
    Para chafurdar
    Para brincarmos por entre as árvores e no impossível mergulhar,
    Nas janelinhas dos meus olhos
    Muitos sonhos vislumbrar
    Mas chega um tempo em que crescemos..."

    Um poema repleto de doçura e ternura na magia dos seus deliciosos versos gigantescos de imensa sensação de estarmos a brincar.
    E, eu adoro brincar, sabe?
    Parabéns.
    Tem uma magia doce fantasiada de carinho, beleza e encanto com os seus versos lindos como VOCÊ, admirável e extraordinária poetiza de sonho.
    Adorei. Fabuloso. Puro. Perfeito.
    Abraço amigo pelo seu sublime e extraordinário talento mágico.
    Com respeito, estima e consideração.
    Sempre a admirá-la e a lê-la com atenção apurada.

    pena

    Bem-Haja, pelo que deixou expresso de pureza no meu blogue que adorei.
    MUITO OBRIGADO pela honra da sua prestigiada amizade de maravilhar e enternecer.
    Fantástica.
    Parabéns, poetiza de sonho.

    ResponderExcluir
  12. Janaina,
    Obrigado pela presença amiga no nosso blog "chega junto". Parabéns por este seu espaço de vida, amor e poesia. Estaremos nos acompanhando nessa imensa blogostera, interagindo, trocando, crescendo. Abraço/ney.

    ResponderExcluir
  13. A vida é feita de encanto, amor e magia.
    Lindas palavras querida!
    Desejo uma tarde especial.
    Com carinho, Lady.
    Bj

    ResponderExcluir
  14. O tempo impiedosamente tranca por nós as portas e janelas, como se temesse as intepéries e faz-nos esquecer que mesmo que haja chuva lá fora, as fadas não deixam de habitar os jardins. É preciso abrir os cadeados.
    Belíssimo texto, assim com seu blog de extremado bom gosto. Janaína, obrigada por tornar-se seguidora do meu blog e pelo amável comentário. Passei a seguí-la também.
    Um abraço com afeto.

    ResponderExcluir
  15. Olá Janaina! Deixe-me acreditar que esta fada cresceu da tua criança, mas ela foi embora, e você a vê todas vezes na janelinha do espelho. Ela se mostra de tudo, e ao mesmo tempo se diverte por tudo que você ensinou para ela.
    - deixe-me acreditar que esta Fada quer se fazer notada, não morrerá... jamais...! As Fadas não morrem!!
    Não se ria das minhas palavras ou do meu blog se passares por ele. Gostei muito das tuas arrumações,
    abraços

    ResponderExcluir
  16. Querida,

    adorei este poema lindo, lúdico e eu acredito em pessoas fadas em nossas vidas.

    Carinhoso beijo.

    ResponderExcluir
  17. poesia para as fadas é maravilhoso. Nos anos 80 tinha um casal de amigos que foram para uma cidade do interior e neste sítio o solo era rico em cristais e muitos falavam que viam fadas neste local, e para surpresa numa foto foram registradas mais de dez fadas infundidas na natureza quase imperceptíveis mas olhando com atenção ficava bem visível a presença das fadas, então elas saíram dos contos e estavam na minha mão para observar tamanha beleza, posso te garantir que não era montagem. Gostei muito de ler teu poema.

    ResponderExcluir
  18. Olá Janaína!

    Olha só, que incrível! Uma idéia fantástica. Uma esferográfica, um pedaço de papel, uma fada e uma foto emoldura a bela obra de arte. Tudo isso sem comentar sobre o belíssimo poema! Meu Deus admiro suas idéias artísticas e de fino trato. Sou seu fã! Pode ser né? (Risos!...).

    Realmente para encarar o “Minotauro” será preciso muita energia.
    Obrigado pelas tuas palavras que acarinham. Estou muito feliz por ter você ao meu lado!

    Beijos!...

    ResponderExcluir
  19. “Nas janelinhas dos meus olhos, ainda vislumbro muitos sonhos, quando eu destrancar o cadeado e me fazer notar por outros olhos...”

    Linda poesia, que me inspirou e não me deixou só na vontade, rs!

    Beijos...

    ResponderExcluir
  20. Amiga acredita que eu sou uma apaixonada por fadas e gnomos, ainda hoje acredito que eles existem mesmo, tento procurar-los em toda a parte mas acho que eles tem tanto medo de mim que não querem que eu os veja.
    Enquanto vamos acreditando nestes mitos somos felizes.
    Beijinhos de luz e paz em seu coração de fada

    ResponderExcluir
  21. Boa noite, Janaína.

    Realmente, as fadas desaparecem do nosso olhar à medida que crescemos, porém elas continuam sempre lá nas nossas lembranças. Um texto luminoso, diáfano. Obrigado por tuas palavras para com meus simples textos, sempre tão gentis, generosas. Um grande abraço, poetisa, e parabéns!

    André

    ResponderExcluir
  22. Amiga,

    entendo bem...Num desafio que aceitei no outro blog ( Desnuda) uma das respostas sobre o que mais digo inclui minha conexão hahahahaah. Amiga, fiquei feliz em saber do livro de poesias africanas! Conte mais porque adoraria saber mais sobre o livro! Desde já agradeço.


    Muitos beijos e Deus sempre guiando voce e os seus

    ResponderExcluir
  23. Um lindo poema que nos fala de um mundo encantador, aquele mundo da nossa meninice, mas que agora já adultos ainda teimamos em acreditar.
    manuel Aldeias

    ResponderExcluir
  24. obrigado Jana

    voce é um doce. me motiva
    me faz sonhar..suas palavras tem uma
    essencia especial seus poemas
    sâo ternos e suaves
    sou grato com o seu carinho..
    é tudo tâo lindo aqui.

    beijos doce noite!!

    ResponderExcluir
  25. palavras bordadas no tecido da infância... que vivemos com ternura em qualquer idade.
    um beijo!

    ResponderExcluir
  26. Janaina
    Como vai? Acabei de vir do Fi de Ariadne e me emocionaie com seu poema e chgego aqui me derreto com as Fadas.

    Parabéns por essa alma de poetisa, por esse dom tão sublime.

    Beijos no seu coração

    ResponderExcluir
  27. Olá Jana,

    Quero agradecer sua importante visita ao ECOS DA ALMA, adorei teu comentário, obrigado pela honra de ter você como seguidora do blog e por ter me dado o prazer de conhecer seu feérico mundo, aqui encontrei sonhos, desejos, alegria, amor, sentimentos alados e toda sutileza de uma poetisa que tem o dom de transformar tudo isso em lindas palavras...

    Te sigo orgulhosamente!!!!

    Adoraria fazer parceria com você Jana, qualquer coisa entre em contato, pelo formulário de contato se aceitar trocar banners (No menu do ECOS DA ALMA).

    Volte Sempre!!!

    ResponderExcluir
  28. Ó...Janaína querida...
    Sempre acreditei em fadas e...ELAS EXISTEM...pois vivem aqui no meu pequeno paraíso!
    Costumo pedir a elas que cuidem muito bem dos meus amigos blogueiros...ainda não sentistes a presença de alguma delas?????
    Fecha teus olhinhos e sente....
    Beijosss...e obrigada pela visita...e desculpe meu silêncio...mas estou um pouco atrapalhada com surprêsas que tem acontecido por aqui....logo estarei no meu ritmo normal!

    ResponderExcluir
  29. .

    Ah, esta fada madrinha,
    quantas alegrias me deu.

    silvioafonso



    .

    ResponderExcluir
  30. Olá querida poetisa!
    Obrigada pela bela visita!
    Lindo seu poema, encantador...nos remete à infância, a um tempo cheio de alegrias e fantasias...
    Parabéns pela sensibilidade

    Beijos e fadas pra ti!

    ResponderExcluir
  31. Querida amiga,

    vê? Você foi uma fada para mim! Amei o presente deixado em poema para mim e fiquei numa felicidade só! Vou procurar saber deste livro que realmente deve ser maravilhoso. Obrigada por partilhar preciosidades como esta comigo.

    Que seu dia seja lindo! Obrigada e muitas bênçãos na sua vida. Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  32. Que essas fadas nos embalem o amor,,,nos ultrapassem os sonhos...lindo poema...beijos de bom dia pra ti querida.

    ResponderExcluir
  33. Oi Janaina...
    Com você ta?
    Demorei um tantinho pra vir aqui te agradecer pelo comentário.
    Sabe que fiquei pensando um bom tempo no que você escreveu,tão simples e tão verdadeiro.
    Se realmente pudéssemos apagar algumas coisas do passado das pessoas ,elas não seriam o que são hoje,e talvez por isso,não gostaríamos delas como gostamos. Venho repetindo isso pra mim diariamente,em breve me convenço.
    Obrigada por me seguir sigo você também ! ;)
    Ah...vou te deixar um selinho no meu blog,ok?
    Um Feliz Natal,tudo de mais maravilhoso pra você nesse ano que vem chegando,que possamos continuar trocando ideias e dividindo sentimentos!

    Beijos beijos

    ResponderExcluir
  34. Feliz por a conhecer!

    É evidente, acredito em fadas, duendes, espíritos da natureza, em toda a beleza da criança que mais tarde se torna mulher. Gostei de a encontrar!

    Beijos, Maria Luísa

    ResponderExcluir
  35. Uma graça seu poema.Deu vontade de voltar a ser criança novamente...

    Beijos

    ResponderExcluir
  36. Que doce, e verdadeiro. Tiremos as trancas, deixemos as fadas entrarem..... acho que seríamos mais felizes.

    ResponderExcluir
  37. Poeminha muito lindo, tal qual as fadas.
    Que dom perfeito é o de escrever!
    Obrigada por ir lá.

    ResponderExcluir
  38. OLÁ GIRASSÓLICA MENINA,SE EU NÃO ACREDITASSE EM FADAS,NÃO AREDITARIA EM OCÊ!
    UMA CORREÇÃO,ANDRÉ CHARACK,MEU AMIGO SEGUIDOR É QUE LANÇARÁ LIVRO,NA CIDADE DE SÃO PAULO,IO,TADINHO DU MOI,ESTOY COM OS FEMURES E BACIA CORROIDOS PELA CORTIZONA,QUANDO DE CIRURGIAS MINHAS AMEURISMÁTICAS EM CÉREBROZINHO MIO,PERDI A CONDIÇÃO DE ANADR,TENGO QUE FAZER TRES A QUATRO CIRURGIAS DE ALTA COMPLEXIDADE,E JURO,TE AFIRMO,VIVER É PURA MAGIA SIM!

    BZUZ FADA QUERIDA NUESTRA

    VIVA LA VIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

    ResponderExcluir
  39. AMO FADAS
    ELAS SÃO ENCANTADORAS
    LINDA TARDE

    ResponderExcluir
  40. Jana,

    perde-se tanto quando perdemos a fada que existiu em nós.

    que seja eu a louca..mas deixem-me continuar a ser a menina dos caracóis.

    bj

    ResponderExcluir
  41. Jana no mundo existem coisas inexplicáveis justificando as explicáveis.
    Eu até acho que você é uma fada que virou gente para poder abraçar o seu amado. Pois essa tua carrinha linda, esses teus olhos doces, e toda magia que tens não me deixam mentir.

    ResponderExcluir
  42. Tem palavra mais cearense que "chafurdar"? Mulher de Deus, quando li esse chafurdo todo, percebi o quanto gosto de ler você. Que essa janela seja a porta para todas as paisagens mágicas, essa vida precisa da magia pra ser mais rapidamente transformada.

    Adoro você e esse seu carinho, Janaina.

    Beijo imenso.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  43. Como diria Saint-Exupéry, uns acham que é um chapéu, outros acham que é um elefante dentro de uma cobra.

    Às vezes ser adulto é tão sem graça...

    Beijos,

    ResponderExcluir
  44. Obrigado pelo elogio. Aqui também encontramos "casamento" perfeito entre imgaem e palavras.

    Fadas... passou a tempo para mim. Infelizmente.

    Beijos

    ResponderExcluir
  45. "Quando descobri que fadas encantadas não mais aparecem depois que a gente cresce, desencantei. Desapareci. Cresci. Surgi no mundo real. Fiz dele o meu encantado.

    (...) Ainda escuto o en.cantar das asas delas."


    Fernand's





    Qual o seu e-mail?

    ResponderExcluir
  46. .

    "Acreditava em fadas e sem ninguém saber cada vez mais acreditava, acreditava..."

    Lindo seu blog! Encantadas suas palavras!

    Sigo-te também!

    Seja bem-vinda!

    Deixo beijos e sorrisos

    .
    .

    ResponderExcluir
  47. Boa tarde, amiga.
    Estou lhe seguindo, e voltarei depois, para ler com calma, porque gosto de degustar as palavras.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  48. Oi Janaina! Seu blog também é muito belo, cheio de lirismo e poesia. Também me sinto feliz por segui-la. Abraços

    ResponderExcluir
  49. Oi Janaina
    Obrigada pela passagem no meu blog.
    Que bom me proporcionar conhece-la.Vou ficar olhando devagarinho seus poemas ,que já vi são lindos!
    estive esse final de semana aí no seu estado , na capital e adorei a beleza da planície com seus coqueiros que enfeitam as estradas e as praias.
    nao deu pra conhecer muito ainda, mas voltarei em breve oportunidade.
    deixo abraços e vou linkar pra segui-la.

    ResponderExcluir
  50. Olá, Janaína. Bom estar por aqui. Já nos conhecíamos do RL, e teu cantinho aqui é muito convidativo.

    E as fadas, essas que não cansam de dar encanto. E você disse tão bem: com o passar dos anos as esquecemos, mas elas continuam lá, sem esquecer de nós.

    Que belo.

    E quem dera elas me concedessem um pouco de tempo a mais nos meus dias... sempre corridos.

    Adorei estar aqui. Bjs.

    Marcio

    ResponderExcluir
  51. Obrigada por ter aparecido no meu cantinho!;)
    Obrigada pela presença e obrigada por me ter chamado á atenção e descobrir aqui o seu!!já li e vi mita coisa bonita!;)gostei!! e vou seguir, viu?;)

    ResponderExcluir
  52. Oi obrigada...li seu blog e amei, também sou sua seguidora...bju...

    ResponderExcluir
  53. Obrigado pelo comentário linda se sinta seguida lindo post e seu blog é lindo tb
    bjo com carinho do Caique

    ResponderExcluir
  54. "Lá fora
    Em nobres folhagens
    Brincam as fadas
    Tão engraçadas,
    Tão atrapalhadas,
    Estão tentando se fazer notar."

    Esta parte do texto me maravilhou por demais ... tantas coisas estão a brincar diante de nossos narizes, mas a gente é adulto né ... só damos importância para tudo que não as tem.

    Janaína, obrigada por tua vista e teu comentário generoso, a magia sempre está no olhar de quem aprecia.

    Beijo e boa passagem de ano.

    PS: Que família linda!

    ResponderExcluir
  55. Parabéns pelo blog e pelos textos... Tenho um blog chamado Folhetim Cultural gostaria que visita-se este é o endereço: informativofolhetimcultural.blogspot.com
    Vamos trocar conhecimentos...
    Ass: Magno Oliveira
    Folhetim Cultural

    ResponderExcluir
  56. Olá Jana
    Obrigado pela visita ao meu blog e pelo comentário. Quando puder volte, vou gostar muito.
    Te sigo.
    Bjux

    ResponderExcluir
  57. Que lindo. Vc é muito sensível.

    Bjs

    ResponderExcluir
  58. A realidade é esta, fica cá dentro algo que alimenta a nossa inocência... Esse lado que escondemos, liberta-se em pequenos momentos.

    Beijo

    ResponderExcluir
  59. Que lindo! Também adoro fadas e quando estão tão bem inseridas numa linda poesia, é mágico!
    Vim retribuir a visita ao meu blogue e fiquei rendida ao seu espaço.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  60. Nossa, não acredito....rs

    Você é esposa do Nilson Oliveira!!
    Uma vez, há muito tempo atrás eu postei
    um poema dele, "abismo" num blog antigo que eu tinha, um dia ele achou o poema dele no meu blog e me escreveu, trocamos um ou dois emails, acho que ele nem deve lembrar mais, mas eu lembro. rs

    Muito bom saber. que mundo pequeno. rs
    aliás, estou pra postá-lo neste blog também. em breve.

    Beijos...

    ResponderExcluir
  61. Olá minha amiguinha leve como pluma!!!
    Feliz Natal para vc e sua linda familia viu!!!
    Abração!! Luz e paz para vocês todos!!!!!

    ResponderExcluir
  62. pobre daquele

    que cresce

    esquecendo

    de ser criança


    *um óptimo
    fim-de-semana*
    Vítor

    ResponderExcluir
  63. Faço coro com as palavras do George Dantas: eu acredito em fadas! Acredito! Acredito!
    E isso é pura física quântica: nosso olhar lhes dá a existência... o nosso olhar mais inocente, o mais pleno de esperança, o olhar da criança que deve existir dentro de nós pra sempre.
    Vc é uma fadinha de delicadeza e sensibilidade. Que bom que vc me encontrou e me deu a oportunidade de conhecer vc e seu lindo blog.
    Já fiquei por aqui.
    Beijokas e um fds mágico pra vc.
    Seguindo...

    ResponderExcluir
  64. Acho poemas algo tão lindo...Os seus, então, nem se fala! :)

    ResponderExcluir
  65. a gente cresce, mais nunca deixamos nossa
    infância, os sonhos, as lembranças sempre
    estão com nós.

    Tenha um ótimo fim semana.

    bjos.

    ResponderExcluir
  66. Poesia "mar" linda do mundo...
    Adoro o seu espaço...
    ;D

    ResponderExcluir
  67. Lindo!
    E eu voei, nas asas dessas fadas, até à infância, de novo...

    ResponderExcluir
  68. Amiga,

    vou fazer tudo para conseguir achar este livro. Nossa... A sua emoção ao falar dele me deixou também emocionada. Obrigada querida. Deixo um beijo de boa noite com muito carinho.

    ResponderExcluir
  69. Oooooiiiieeeeeeee flor...que lindo teu blog e como foi bom ler teu poema e voltar nos tempos de criança...rsrs....lindo!
    Adooooorei seu visita, espero que volte mais e mais vezes, vc participa do dihtii?
    Um cherim da tia bláblá

    ResponderExcluir
  70. As fadas são pura magía. Acredita quem quiser, sem pressão...

    muito lindo!

    Beijo

    Tatuagem

    ResponderExcluir
  71. Gostei bastante do seu blog.

    E que belos versos. Sempre acreditei na fantasia. Ser lógico demais é difícil para mim, pois acredito na existência do possível dominando o submisso impossível.

    Lembro das fadas de minha adolescência,
    as que amei tanto.
    nenhuma delas era pequenina,
    não tinham asas também,
    mas era tanto encanto,
    que eu até me perdia
    entre desejo e pranto.

    Aquele abraço!

    ResponderExcluir
  72. Para os amigos blogueiros
    vai meu abraço fraternal
    amigas e amigos Brasileiros
    eu vos desejo um feliz Natal

    Descendo de um nobre povo
    neste cantinho do mundo
    desejo-vos prospero Ano Novo
    felicidade amor e saúde

    Espero contar sempre consigo
    neste ano que vem já ai
    será um prazer amiga e amigo
    eu estarei sempre por aqui

    um beijinho,
    José.

    ResponderExcluir
  73. Ah eu queria ser uma delas. Fadas de alegria de luz. Fadas encantadas como crianças. Adorei o tema, adorei o poema. Já sigo. Um beijo enorme linda. Fique com Deus

    ResponderExcluir
  74. Acredito nas fadas...
    acredito no bem...
    Lindo seu blog, lindo poema
    :)
    Obrigada pelo carinho da sua visita
    Beijos e uma linda semana!

    O Natal simboliza nova vida,
    Pois nele comemoramos o nascimento do Homem
    Que modificou a nossa maneira de ver o mundo.
    Trazendo-nos amor e esperança.
    Que neste natal sejam confraternizados todos os desejos
    De um mundo melhor.
    Que Deus lhe abençoe trazendo saúde, alegria e realizações.
    Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!

    ResponderExcluir
  75. OI, foi muiito bom conhecer seu espaço, gostei da página, da beleza da família e tb da numeração dos filhos, é isso aí este espaço tb é um local de estar da família, q DEUS os proteja e abençoe, pra vc minha linda bjos, bjos e bjossssssss

    ResponderExcluir
  76. Janaima, vc me fez lembrar tia Idalina, que adorava contar histórias pra nós aqui em casa. E por conta dela com suas história mirabolantes eu nunca me esqueci das fadinhas. Elas nunca deixam de fazer parte do meu imaginário...que bom!

    Ai, encontrar com elas aqui me deu tanta saudade...

    Beijo carinhoso


    flor de cristal{LB} .

    Beijos,

    ResponderExcluir
  77. Janaina, Não entendo nada de fadas - O pouco que sei me faz sonhar, viver vida afora; também não preciso sabê-las {contundente}, porque as quero eternamente.

    Feliz Natal para Ti e família, e para os demais deste comentário.

    ResponderExcluir
  78. Oi, Janaína!

    Que gracinha de poema! Eu adoro fadas!
    Quanto ao livro "Querido John", leia sim, vc vai gostar! Não aconselho o filme, porque lá eles focam muito mais o conflito dos dois do que o restante das coisas... e não é só isso. Sem contar que, no filme, o John parece um paspalhão e ele não é daquele jeito.
    O livro é muito mais profundo e tocante.
    Vale a pena!

    Obrigada pela visita, viu?

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  79. Parabéns pelo blog e pelos textos... Tenho um blog chamado Folhetim Cultural gostaria que visita-se este é o endereço: informativofolhetimcultural.blogspot.com
    Vamos trocar conhecimentos...
    Ass: Magno Oliveira
    Folhetim Cultural

    ResponderExcluir
  80. Adorei seu post! Gosto de ler o que escrevem, pois só assim aumenta minnha sabedoria.
    Tmbém gostei de seu blog. Parbéns.

    Um abração.
    Um Feliz Natal.

    ResponderExcluir
  81. Amiga Jana: Obrigada por seguir meu blog: Gosto do poema para fadas, eu costume escrever de vez enquando poemas mara os meus amores e para as minhas belas e eternas doces flores, que fazem parte do meu eterno jardim a partir de hoje também passa a fazer parte des meu lindo jardim. Vou passar a seguir teu blog.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  82. Janaina,minha querida, o que dizer de seus posts maravilhosos,gostaria de ser poeta,mas só sei copiá-los e amá-los quando os encontro em meu caminho.Que beleza falar de fadas.Se elas existem ou não,eu não sei ,mas já vi uma quando era criança,hoje que cresci ela vive na minha alma,me sussurra ao ouvido belas canções e, quando estou com medo,ela me toca de mansinho e faz-me dormir.Ah!!!as belas fadas.Um grande beijo e apareça sempre em minha casa e sinta-se a vontade para comentar sobre tudo.Beijos!

    ResponderExcluir
  83. Olá!
    Agradeço a visita ao «Guizo»
    Não deixarei de voltar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  84. antes de mais grata pela visita ao meu cantinho e por se ter tornado seguidora.

    as fadas porque será que crescemos e assim vamos deixando adormecer a criança vivente em nós e perdemos essa faculdade de ver as fadas os gnomo, toda essa vida singela de olhos de meninos
    beijinhos

    ResponderExcluir
  85. Que lugar lindo esse seu mundinho virtual, adorei, me senti com se já conhecesse tudo aqui há muito tempo, e que versinho mais lindo de fadas, um beijo pra vc

    ResponderExcluir
  86. Obrigada pela visita e pelos parabéns!
    Tenha um ótimo fim de ano, repleto de coisas boas pra vc e toda sua familia!

    ResponderExcluir
  87. Janaina,

    Passei para desejar-te um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de realizações e saúde.

    Abraços,
    Pedro.

    ResponderExcluir
  88. Muito bonito, como já disse seu Blog me transmite paz....

    Não acredito em fadas, mas sempre deixo a janela aberta para elas entrarem...
    Não acredito mais em Deus mas continuo vendo suas obras...
    Não acredito em doendes mas sempre procuro o fim do arco-iris...

    Um Abraço do Macaco.

    ResponderExcluir
  89. " Guardo-te num terno entardecer
    Que vejo da janela do meu coração.
    Os ventos trazem teu perfume.
    O silêncio ...
    Uma saudade que não cala. "

    ( Bruno de Paula )

    Feliz Domingo....Beijos meus! M@ria

    ResponderExcluir
  90. Sempre lindo e encantador!
    Aproveito para desejar a si e a toda a sua família e amigos, um Feliz Natal, repleto de alegria, saúde, paz e amor.

    “A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (desconhecido)

    Que a Luz e o Espírito de Amor do Natal, consigam prevalecer nos nossos corações ao longo de todos os dias do ano que está a chegar, para seja sempre Natal.

    Beijinhos
    Maria e familia

    ResponderExcluir
  91. Muito lindo e tocante seu poema, gostei muito do seu blog e já sigo, tem selos no meu blog ventosnaprimavera.blogspot.com passe lá e pegue,tudo de bom,beijos.

    ResponderExcluir
  92. Uma vida mais abençoada é o
    que mais desejamos
    na noite de Natal.
    É a benção de Deus,
    que transforma nossa vida,
    para que sejamos mais
    felizes e realizados.
    Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!
    Meu agradecimento
    Pela sua linda amizade.
    Beijos ternos e carinhosos,
    Evanir.
    www.fonte-amor.zip.net

    ResponderExcluir
  93. Nossa, que blog movimentado! Eu sei que existe um mundo invisível. Quando criança podia vislumbrar fadas e duendes. Minha memória usa um artifício qualquer prá dizer que era fantasia da minha mente. Mas eu sei que fadas gostam de flores silvestres e duendes gostam de cobertores. Eles não aparecem mais prá mim... não gostam de adultos... sei lá!

    ResponderExcluir
  94. Olá, amiga já posso chama-la assim, sje bem vindo em meu blog, já estou segundo o seu,menina que lugar encantado, amei....
    Fadas existem sim...
    No nosso coração vivem a soprar,
    Pequenas magias,que só a nós vão alegrar
    Não importa se as vemos
    Importa sim nosso fantasiar
    E esse não quero parar....

    Bjs de muita luz e Feliz Natal e próspero Ano Novo para todos os seus...

    ResponderExcluir
  95. Oi Fadinha *.* Gostei do blog e estou seguindo!
    B-Jos. doces...

    ResponderExcluir
  96. Gostei bastante do teu blog e dos teus textos, muito bons, parabéns, abraços!

    ResponderExcluir
  97. Oi Janaína!
    Obrigada pela carinhosa visita!
    Lindos seus poemas!
    Sua família muito linda tbm!

    Fiz outro post do contra ataque às formigas!

    Maria Luiza

    Eu quero uma casa no campo!
    http://emconstrucaoml.blogspot.com/

    bjs

    ResponderExcluir
  98. Eu AMO poesia. Pena que nunca tive o dom de escrever tão bem. Não sei porque, mas meu jogo de palavras nunca foi muito convincente. De toda maneira, estou te seguindo também e fico feliz por você ter me achado. Um bom final de semana e um hiper beijo!

    ResponderExcluir
  99. Pois é. É preciso resgatar a utopia perdida.

    Lindo poema!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  100. Adorei seu texto em alusão ao Natal e é legal a forma com a qual você percebe o real sentido de uma data comemorativa dessa. Eu tenho certeza que isso sempre vai te deixar melhor como pessoa. Espero que seu Natal tenha sido ótimo.. te desejo muita paz e felicidade. Com carinho,

    Pedro.

    ResponderExcluir
  101. Gostei demais dessas fadinhas. O post de hoje muito lindo também (27/12). Feliz Ano Novo!
    Abraço

    ResponderExcluir
  102. Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011!! Feliz 2011...

    ResponderExcluir
  103. Olá! Adorei seu poema!!! Sou uma sonhadora incurável... risos. Adoro fadas, contos, mitos, lendas e tudo mais....

    Abraços até mais!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...