Google+ Badge

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Tóxica


A dama vermelha em distúrbios plasmáticos, estendendo a mão, pedindo auxilio, fazendo mímicas no meu divã.
Diva danosa, bem articulada, projetando-se em mim.
Desejo o corpo da divina fábula, a ires dramática de luz.
Sugo o suor dos seus poros, o gozo do seu sexo, lambo-lhe os pés, mesmo sujos de lama...
Estamos no inferno você insiste em lembrar, enquanto rasgo as películas desse dia normal, preciso sobreviver, mas já não adianta nada, rogaram eternidades sobre nós, reajo a minha ereção tetânica te vejo garbosa sobrevivendo em silêncio.
Sacrifico-te, ofereço teu sangue a um demônio qualquer ele entende as minhas urgências, e sabe que estamos perdidos, irremediavelmente perdidos.
As lâminas acostumaram-se a epiderme que já não sabe sangrar, restam os arranhões que logo saram, somo covardes estamos tingindo nossos cortes com urucum, costurando-nos com ligas metálicas.
As horas nos massacram, o aneurisma avisa que vai explodir, mas no exato instante em que estou entre as tuas coxas, escondendo-me, escondendo-me de tudo.
São dez mil anos dentro de ti, roendo teu azar com um rato, roendo teus cabelos, teus seios, enquanto você goza...
Na mesa do jantar você goza, você goza dama vermelha, segura e afrouxa a minha teia, ofegante digo: Droga, mas não consigo para, eu não consigo parar!!!

Janaina Cruz

16 comentários:

  1. Texto intenso e literariamente bom.
    Gostei muito.
    Janaina, querida amiga, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nilson, gosto muito quando apareces por aqui! :)

      Excluir
  2. Um poema muito bom, forte e versos e sentimentos.Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Arnoldo, adoro ler as tuas criações, sempre me inspiro...

      Excluir
  3. Teu texto é forte, angustiante. Gosto.

    ResponderExcluir
  4. Quantas vezes buscamos em nossas amizades
    uma palavra de carinho .
    E quantas vezes tem me faltado
    tempo para deixar o carinho que
    gostaria de receber.
    Hoje estou feliz por estar aqui
    para acarinhar sua alma.
    E dizer o quanto você
    é importante para mim.
    Estou deixando na postagem um mimo
    do dias das crianças.
    Não por achar que você ainda é
    uma criança.
    Mais sim a eterna criança que existe em cada um de nós.
    Um feliz e abençoado final de semana.
    Beijos ternos e carinhosos, Evanir.

    ResponderExcluir
  5. Uma angústia grande... uma intensidade cortante entre o amor e a paixão no sentir. Um grande abraço, Jana. Estava devendo um passeio por aqui!!!

    ResponderExcluir
  6. Quando leio um texto como este tenho a certeza de que qualidade não faltou e nem o toque requintado de ideias extraordinárias ...E isso sempre me impressiona, talvez por minha sensibilidade seguir nos mesmos parâmetros...e me encher de uma emoção um tanto alienante em que a realidade é a perturbadora dos sonhos. Assim...eu que vou e venho...saio sempre manchado de um rubro batom...que logo mais ali adiante...se transforma em palavras e que vira poesia por força de uma sensação inequivocamente poderosa. Bjs.querida amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu sempre me encanta poeta, obrigada pela presença sempre fulgurante e especial!!!

      Excluir
  7. Tenso, apaixonado, complexo!
    Seus textos estão ótimos, você está cada vez melhor, expandindo seu talento literário!
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Como está? Espero que se encontre bem. Estive muito tempo sem vir ao blogue, tanto ao meu como aos blogues que sigo. Quero recuperar esse tempo por isso sempre que puder vou tentar ler as suas publicações porque se a sigo é porque, realmente, gosto.
    Sou a autora do blog "Não procurei pelos teus olhos" (Recorda-se? éramos amigas no facebook mas entretanto desactivei-o e depois criei outro e não a encontrei.). Esse blogue pu-lo privado porque pertence ao passado, mas criei um novo, ei-lo:

    http://odesassossegodosilencio.blogspot.pt/

    Caso esteja interessada, seja muito bem-vinda.

    Espero que goste.

    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei de visitar-lhe menina, sera para mim um prazer!!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...