Google+ Badge

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Flores de morte



Indócil sentir circundando pela pele, através dos
Sentidos quase esquecidos de tão extasiados
A sensação de ardo lembrava-lhe
Toneladas de vida entregues pelo compasso dos móveis
Pelo preço das roupas esquecidas dentro do armário,
E os sapatos que nunca lhe serviam...

Havia a incomensurável vontade de pular pela janela
De sentir a solidez do chão onde passavam tantos rostos frios e desconhecidos.

Tangia aquela sensação de filme hollywoodiano
Mas estava triste, triste e excitado.
O tempo lhe consumia veementemente.
Aquelas curvas, curvas perigosamente femininas,
As pontas dos dedos nos seios pálidos, cálidos,
A ponta do dedo no sexo entumecido.

O álcool já não lhe supria as necessidades
Nem a imaginação
O olfato, o paladar a audição...

Pertenciam a ela.
Era dela aquele coração
Aquelas roupas no armário
Os sapatos que não lhe cabiam
O amor que emanava da posição dos móveis

Da posição do corpo na hora de amar
Na hora de deitar.
Na hora de sentir solidão...

Em seu lugar ficaram o ópio, as putas, as contas para pagar.

Em seu lugar nasceram flores,
E elas cheiravam a morte.

Janaina Cruz

49 comentários:

  1. Oi Janaína! É, às vezes as flores têm mesmo cheiro de morte, principalmente quando associado a um momento, naquele em que a morte passeia por entre os olhares soturnos. Abusou das metáforas sem exagero. Seu poema é bárbaro. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve Augusto, usamos as flores para perfumar uma despedida, uma saudade, um amor, uma amizade, talvez por isso, tenhamos o seu perfume quando as coisas perdem-se...

      Excluir
  2. Eu de novo! Apague este assim que o ler. Não sei se foi intenção sua, mas parece que há dobra em sua postagem: foi colado duas vezes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi proposital Augusto, quis fazer um texto meio marginal, pelo menos na forma... rs

      Excluir
  3. Janaína, senti um clima de Henry Miller no teu bom poema.
    Um abraço. Tenhas uma boa noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A.D.O.R.O Henry Miller!!! Obrigada, obrigada Dilmar!!! :]

      Excluir
  4. Olhe... a um bom tempo nao via um poema assim... forte... com uma dose massacrante de realidade dura quando se trata de amor...ou desamor...
    Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, minha amiga, agora em aulas o pensamento poético meio que adormece, queria produzir inúmeras poesias assim...

      Excluir
  5. Muiiiiiiitoooooooooo bommmmmmmmmmmmmmm!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  6. Tem presente para tu,lá no meu cantinho.
    Se quéix quéix...se não quéix,não quéix...tu que sabes...rsrsrsrsrsrs...
    Mas foi dado de coração.
    Beijão enorrrrrrrrrrrrrrrme pra tu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha sogrinha lindaaaaaaaaaaaaaaaa, obrigada!!! Te amooooooo!

      Excluir
  7. Flores tem apenas o cheio e a presença da morte.
    Era apenas o vazio.
    beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... E o vazio cheirou as coisas das quais ele mais gostava...

      Excluir
  8. Olá, janaína. Já havia comentado a beleza e a força deste poema!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tua presença é sempre um presente pra mim Ana...

      Excluir
  9. Muito bonito Jana.. o amor deixado se torna tão inútil e dolorido..
    Passando para desejar um ótimo fds!
    fique com Deus
    Novos posts:
    http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/
    http://dicionario-feminino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Minha amiga de letras, parabéns pude ver sua foto com o
    seu amor, Academia de Artes de Fortaleza, parabéns, tudo
    de bom pra vocês, não de ouvidos a pessoas maldosas, que só sabem julgar... não é preciso falar que tu és gente, tens um coração voltado para amar aos amigos... Eu quero e me sinto muito feliz em ver sua felicidade. Deus te abençoe, Deus abençoe os seus... Obrigado pela amizade, Ame e seja feliz!
    a Paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É meu amigo, temos que aprender a viver, driblando as maluquices de algumas pessoas que cruzam nosso caminho... Que o senhor afaste de nós esse cálice.

      Foi um sonho ter sido descoberta pela ALAF, estou muito feliz, que venham novas descobertas...

      Excluir
  11. Minha querida

    Um poema de perder o fôlego pela intensidade das tuas palavras e profundidade dos sentimentos.
    Não tenho realmente palavras para comentar algo tão belo.


    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Doce Rosa, muitíssimo obrigada pelo carinho perfumado que sempre deixas aqui comigo...

      Excluir
  12. Querida amiga

    Palavras
    que nos apertam
    a garganta
    e tiram o ar...

    Desejo que o amor,
    faça morada em seu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que as mais belas coisas residam sempre em nossos corações poeta...

      Excluir
  13. Boa tarde amiga,amei o poema Flores da Morte.Venho convidá-la a participar do Concurso Talentos Literários,em comemoração aos seis anos do Maravilhas Virtuais.Dê uma passadinha lá e participe.beijos atenciosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Mary, espero que não tenha chegado muito tarde... :[

      Excluir
  14. Um poema forte e belo, parabéns poetisa.

    ResponderExcluir
  15. Aaeeeeeeeee ... CHEGUEI !!!!
    Sabes que sou eu, né ????
    A "menina" dos olhos azuis como a cor do céu !!!
    PARAAAAAA ... não precisas pensar:
    Ahhhhhhhh ... é a GALINHA AZUL...
    Eu sei que isso é para ser um elogio, que eu lembro a galinha azul, linda,formosa e carnuda da Nestlé ...
    Mas convenhamos, que para alguns, vai parecer que sou galinha mesmo ... aquela, sem penas, tu me entendes, não é?
    Mas também nem ligo se for essa, pois como boa camponesa, sei que galinha não é galinha (que dá pra todo mundo) ... galinha é galinha(coitadinha)porque os galos "pegam" ela na marra, não porque ela quer dar para todos os galos ... entendeu como é o "negócio" no galinheiro ????
    Agora chega ... já expliquei tudinho e sei que amastes saber mais sobre o reino das penosas ... ksksksks...
    Sei também que tu devias estar no desespero para saber notícias minhas ... pois que tua sorte já estava sumindo, pois EU SOU UM AMULETO muito especial para quem me conhece...
    Basta passar a mão,esfregar até esquentar e vaptivupitiiiiiiiiii...os desejos se realizam...
    Como daqui para adiante TUDO ESTARÁ nos conformes, pois já dei o ar de minha graça, já me vou, sem antes deixar um beijo enorrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrme em tuas bochechas e aproveito, para te dizer, que te gosto demais da conta e que esse meu "bilhete" vai ser "control c e v", mas isso não diminui meu carinho por tu ... é que estou muito atrasada com meus compromissos e quando demoro muito sentada, meu rabinho começa a doer ou então adormece e depois começa a pinicar e tu sabes que dá uma coisa muito gostosa essa sensação ...
    Para evitar maiores “problemas” ...me vou, mas me volto SEMPRE, porque tu és meu tatuzinho mais amado do meu coração !
    Tenho certeza de que só pensas coisas boas sobre mim, quando recebes notícias minhas ... ksksksksks ... é só "cultura"...ksksksksksks ... mas PODES TER A CERTEZA DE QUE É TUDO RECHEADO DE MUITA TERNURA POR TI...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sogrinha lindaaaaaaaaaaaaaaa, felicidade em dose dupla tu me destes...

      Excluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Que coisa linda, jana!
    Tão pertubador que nos prende.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O caos é a outra face da paz menininha... rs

      Excluir
  18. Olá.

    Belíssimo texto... forte, intenso.
    Gostei de ler-te mais u a vez.

    Meus parabéns e uma boa noite.

    ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela presença Denis, volte sempre, vou adorar!

      Excluir
  19. De uma olhada em seus emails. eu sei que tens muitas tarefas e só um alerta. Deus te abençoe amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou dar uma olhada meu amigo, perdoe-me pela ausência, estou estudando muito...

      Excluir
  20. Beijão "deu"pra tu...
    Aposto que tu já pensastes em outra coisa desse meu beijo...mas quis dizer:
    Beijão de mim para ti...viu como tudo tem seus dois lados????...ksksksksksksks...

    ResponderExcluir
  21. Como sempre magníficos seus versos, poetisa Jana!
    Meus sinceros parabéns! Abraços...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Renan, sou sua fã, tu sabes disso.

      Excluir
  22. Olá amiga!
    Mais uma obra de arte, um drama escrito com seu talento peculiar!
    Grande abraço, sucesso e parabéns pelo título da academia de Fortaleza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gentileza tua meu amigo, muito obrigada pelas palavras que me estimulam tanto...

      Excluir
  23. Muito bom meeeeesmo!
    E curiosíssima pelo seu livro erótico! Esse povo ousado, sei não, viu? Hahahaha. Adoro!

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita Luzinha, o livro já tá dando o que falar... rsrs

      Excluir
  24. janaina minha amiga,você me faz bem, suas poesias não tenho palavras... sua atenção a este amigo de letras não dá pra esquecer,sua generosidade em observar meus escritos temos estilos diferentes mas eu tenho uma grande admiração por você, forte abraço a toda sua familia, Deus te inspire sempre...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...