Google+ Badge

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011




Conto de uma noite cega

Olhou para o espelho tragando com olhos ávidos todos os novos detalhes

Sozinha em casa poderia perceber as coisas agigantarem-se: Solidões, saudades, os sonhos que jamais seriam realizados…

Imaginou todos eles como porcelanas e atirou-os pela janela aberta.

Lá embaixo, um mágico devorador de migalhas come-os um a um, como num gole

Em seguida berrou todas as angústias alheias e indigestas, então caiu encantado procurando consolo nos braços da noite.


Janaina Cruz



149 comentários:

  1. Ahh como seria bom se pudéssemos ter em momentos críticos um mágico por perto [:)]

    Uma beijoca em seu coração e um lindo fim de semana para você Janaina!

    *verinha*

    ResponderExcluir
  2. Ah, querida Verinha, nem todo grande amor é tão grande para o outro como é o nosso.

    É nessa linha diferencial que ficam disputando em cabos de guerra nossas alegrias e nossas tristezas.

    Seria muito bom se pudéssemos fazê-los de cerâmicas e jogá-los pelas janelas de nossas vidas, mas como isso só é possível com licença poética, passamos a sentir o que é que venha por aí, com coragem, pois nem alegrias e nem tristezas são eternas...

    Que seja de muita paz o teu fim de semana, mil abraços pra ti.

    ResponderExcluir
  3. Bela forma de exorcizar o que em nós está a mais.

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Com certeza minha amiga Virgínia, temos que vez por outra abrir as nossas gavinhas interiores e jogar muita coisa fora.

    ResponderExcluir
  5. E ganhou o verdadeiro descanso...
    Um bj querida amiga

    ResponderExcluir
  6. Texto curto, mas que diz muito. Como eu às vezes
    anseio a noite...
    Gostei.
    Bom fim de semana para si.
    Beijinho
    Irene

    ResponderExcluir
  7. Ah, Sinfonia e Sol, tua visita é sempre uma obra de arte!!

    ResponderExcluir
  8. Sempre que venho aqui me demoro vendo tudo.
    Seu texto e diferente e curioso.
    Faz pensar.....O que é bom.
    Sucesso a vc e sua linda familia.

    ResponderExcluir
  9. Brigada Caixa, é pra enfeitar sues olhares e mentes que procuro caprichar em tudo por aqui! :)

    ResponderExcluir
  10. Janaina,

    Obrigada pela visita ao meu cantinho :)

    Você escreve muito bem, menina! Parabéns!!

    E quem já não teve uma noite dessas, que atire a primeira pedra!...rs

    Muito, muito lindos os seus filhos.
    Parabéns de novo =D

    Tenha um ótimo final de semana.

    Beijinhosssss

    Cid@

    ResponderExcluir
  11. Obrigada Cida, seja bem vinda... :)

    É um prazer tê-la na minha Esferografia.

    ResponderExcluir
  12. Quanta intimidade com as letras, fico extasiado ao ler você Grande poetisa, quando comecei a ler parecia que estava lendo um diálogo poético da Clarice Lispector as minúcias em "Olhou para o espelho tragando com olhos ávidos todos os novos detalhes" depois outra pérola "Em seguida berrou todas as angústias alheias e indigestas" e por fim nos braços da noite. Uma nova geração com o dom talentoso está NASCENDO Janaina e você é uma delas, privilégio em ler e absorver tua escrita.

    ResponderExcluir
  13. Lindo texto. A noite sempre traz angústia. E escuridão. Um grande beijo amiga

    ResponderExcluir
  14. Quando um poeta de maior categoria nos elogia, é como se asas surgissem em nossas costas nos impulsionando a vôos fantásticos... Nossa !!! Aff que felicidade.

    ResponderExcluir
  15. Fofa você é um encanto menina, eu amo ler teu universo cor de rosa! Encanta-me.

    ResponderExcluir
  16. Sou bastante afoito, mais ainda quando recebo e um amigo
    Janaina, modéstia tua, ou que seja o caso de uma gentileza, pois tenho grande admiração
    nos teus encontros de palavras.
    Deixe-me fazer uma interpretação: Tua poesia particularmente faz-me sentir um estar distante, num momento em que sentimos alma só, foi o que fizeste, ajuntaste a tudo dando asas de porcelana, louça cara, jóia rara. E aconteceu que alguém de fora, vendo estrelar no ar coisas de grandezas poesias, editou para si um livro, vocabulários diferentes,
    cores de Iris que não tem na aquarela. Saiu a procurar quis partilhar novas novidades!

    abraços

    ResponderExcluir
  17. O que dizer José? Tu captastes bem a minha poesia.

    Ah, nada como dar asas as coisas que não cabem mais em nós, alguém fida encontrando as e dando nova vida a elas...

    ResponderExcluir
  18. Janaína,
    tua poesia tem um elemento de magia que me encanta, essa magia algo circense, algo histórias do folclore infantil, porém, de uma profundidade poética admirável.

    As construções poéticas de sonhos com porcelanas, de um mágico que devora migalhas e as berra em forma de angústia são realmente mágicas e dignas da grande poetisa que tu és. Gostei muito do "tragar algo com os olhos", é um verdadeiro achado.

    Minha admiração, amiga, e muito obrigado pelos teus comentários que sempre acrescentam para mim.

    Abraços e um bom fim de semana.
    André

    ResponderExcluir
  19. Muito bonito e original seu poema, feliz fim de semana pra você,beijos.

    ResponderExcluir
  20. Jana lindo texto minha amiga!

    bom fim de semana pra ti.

    bjos.

    ResponderExcluir
  21. Ah, André você é um poeta espetacular, quando eu crescer quero ser igualzinho a você! Escrever sobre dragões e santos com graça e muita poesia, que lua não te ama? Hein? Hein? Hein? rs

    ResponderExcluir
  22. E os cacos de porcelana vão se espalhar pelo mundo trazendo a felicidade...

    Lindo

    Beijo

    ResponderExcluir
  23. A noite tem braços confortantes.

    ResponderExcluir
  24. Guria mandou muito bem no post, curti muito o texto em si, bjus gata

    ResponderExcluir
  25. Adorei passar por aqui...



    Obrigada Pelos Parabéns


    Dia de aniversário para mim é um dia diferente e dia muito feliz
    e com amigos assim ainda melhor

    um beijo e ...POESIA

    ResponderExcluir
  26. Olá Jana

    Que lindo amiga...

    Uma ótima noite... e vou esperá-la amanhã lá no blog...

    Bjoooooooooooo...........

    http://amigadamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. No encanto dos sonhos a liberdade despertada por possibilidades infindas.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  28. A noite abraça como ninguém... deixe-se penetrar...

    Beijos e um fim de semana maravilhoso!

    ResponderExcluir
  29. A noite é o cenário ideal para os apaixonados, e também para os que sentem solidão em excesso.
    Já tentei jogar meus sonhos pela janela, por desgraça cresceu um jardim de frustrações, sonhos mortos, que eu me deparo todos os dias quando olho pela mesma janela.

    Aquele abraço!

    ResponderExcluir
  30. Os espelhos.... refletem as almas que saltam pelos olhos!!
    Beijos no coração Janaina!! Que vc e sua familia tenha um lindo final de semana!!!

    ResponderExcluir
  31. Adorei teu cantinho...Obrigada pela visita e não some tá...Abraço.

    ResponderExcluir
  32. É sempre uma delicia ler seus escritos. Este é um texto curto mas muito bem escrito e, repleto de significado.

    ResponderExcluir
  33. Olá JANA, Obrigado por me seguir.
    vai ser um prazer está acompanhando o seu blog,
    muito bom por sinal, bons textos e um designer elegante.
    vale realmente conferir, fico feliz por me seguir.
    vou colocar em meu blog, um direcionamento do seu
    link para que através de suas atualizações eu esteja te
    acompanhado.
    luz na sua vida e que a troca de experiências seja ótima
    para ambos.

    ResponderExcluir
  34. Querida amiga,

    Amiga um conto fantástico! Sensibilidade linda colocada nesta imensidão de significados do texto, com arte. Você é demais Janaína!


    Beijos e lindo fim de semana amiga.

    ResponderExcluir
  35. Tatuagem: Que os caquinhos da porcelana espalhem-se pelo chão e mãos artesãs os transforme em outras coisa...

    ResponderExcluir
  36. Assis Freitas: Antes eu temia a noite, mas é porque tinha que espremer melhor os meus olhos para vislumbrar a luz de uma estrela distante, mas o mundo moveu-se, e a estrela veio para perto de mim.

    ResponderExcluir
  37. Alice: Sim, a noite me abraçou e me fez perder o medo...

    ResponderExcluir
  38. Dom: Tu és uma graça, não há como não morrer de rir em teus posts.

    Tens remédios para dias de humor péssimo...rsrs

    ResponderExcluir
  39. Kinha mulher, mas tu és muito chique...

    Aiiiiii quem me dera ter um closet desses para colocar todos os vestidos que tenho sonhado...

    Por enquanto meu lado do guarda-roupas anda invadindo o lado do marido, mas ainda bem que ele não reclama...rsrsrs

    Abraços minha querida, ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  40. Cadinho RoCo: Quando tua poesia canta: :"A tristeza do mato cresce querendo alcançar altura atingida pela alegria da árvore" Cadinho.

    Minha lama silencia para ouvi-la...

    ResponderExcluir
  41. Teca: Os braços da noite são muito confortáveis menina... Ai ai ai...

    ResponderExcluir
  42. Sérgio teu comentário é uma poesia!!!

    Algum dia o sol vai modificar as flores desse jardim feito de fragmentos, então não sentirás mais que ele nasceu em vão.

    ResponderExcluir
  43. Aninha: Meus espelhos as vezes não refletem quem sou realmente, há espelhos que me enganam...

    ResponderExcluir
  44. Carla: Claro que não sumo, pode até demorar um pouquinho mas estarei sempre por lá

    ResponderExcluir
  45. Manuel Aldeias: A guerra com suas garras afiadas a segurar entre dedos o destino de heróis que dormiam ao relento, e deixavam muito muito longe todos os sonhos e desejos.

    O maior dos medos morrer e matar, ambos são instintivamente bravios ou heróicos...

    Abraços Manuel, tuas memórias trazem para nós teus leitores a vida como é em tempos de guerra.

    Um ótimo fim de semana pra ti.

    ResponderExcluir
  46. Antonio Henrique: O seu blog também é o máximo, moderno, maduro e com conselhos muitos bons.

    ResponderExcluir
  47. Sam: Teus posts me inspiram olha o que fiz com o Pessoa...rs

    Eu queria ser como o pessoa.
    Mas tu também querias
    Ele era único
    Nós assim seríamos
    Se vós fosseis assim como o Pessoa
    Eles encantariam-se pois seríamos coisas boas...

    Janaina Cruz

    ResponderExcluir
  48. Grato pelo carinho e atenção para com meu blog e com a minha pessoa, bjus

    ResponderExcluir
  49. Oi Janaina...

    Obrigado pela visita no Escrevendo com Arte. Fica um convite para você e para o Nilson para que dêem uma espiada na rede de literatura que eu e a Beatriz Prestes mantemos: www.casadapoesia.ning.com e se vocês tiverem interesse, cadastrem-se lá. Será uma honra recebê-los.
    Parabéns pelo trabalho e mais uma vez obrigado.

    Abraços*

    Renato Baptista

    ResponderExcluir
  50. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  51. Renato com certeza vou ler mais sobre o site e ver como se faz para fazer parte dele... Obrigada!

    ResponderExcluir
  52. Eu me identifiquei, pois quantas vezes as minhas: "Solidões, saudades, os sonhos que jamais seriam realizados…"
    Eu queria ter a chance de joga-los pela janela como usa forma de fugir daquilo.

    Amei!


    Bjuu

    ResponderExcluir
  53. O tempo de fazermos isso Nathy surge sempre, é preciso estar atento ao momento...

    ResponderExcluir
  54. Grato e saiba que a recíproca é verdadeira ao cubo

    ResponderExcluir
  55. Janaína
    Que lindo conto que pude desfrutar hoje no seu Blog. Você realmente, é uma artista nata na difícil arte de poetizar a vida. Adoro seus posts.
    Obrigada pela visita ao meu Blog e amei saber que vc morou em Pernambuco.
    Muitos bjussss e bom fim de semana.
    Sil

    ResponderExcluir
  56. As sobras alimentam aos inconstantes.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  57. Preciosa Amiga e Cosagrada Poetiza de sonho:
    Um poema terno, puro, sensível e perfeito.
    Parabéns sinceros.
    É magistral e notável o que concebe de ternura e encanto.
    Quanta beleza imensa em versos soberbos e deliciosos.
    Adorei.
    Bem-Haja, pela visita linda ao meu blogue.
    Abraço amigo de respeito imenso.
    Sempre a admirá-la

    pena

    Bem-Haja, notável amiga.
    É perfeita e doce.
    Possui um sublime sentir divinal.
    Gostei muito.

    ResponderExcluir
  58. ƸӁƷO Equilíbrio Humano

    ƸӁƷ As nossas opiniões são apenas suplementos da nossa existência e na maneira de pensar de uma pessoa pode ver-se o que lhe falta.
    ...ƸӁƷ Deste modo tudo se equilibra: cada um de nós quer ser completo ou, pelo menos, quer ver-se como tal.
    ƸӁƷ Johann Wolfgang von Goethe

    ƸӁƷ Deixo um abraço de alegria pra seu fim de semana.ƸӁƷ

    ƸӁƷ ƸӁƷ
    ƸӁƷ ƸӁƷ ƸӁƷ


    ƸӁƷ ƸӁƷ

    ResponderExcluir
  59. Viajei....e e cheguei a imaginar a cena !! rs
    Muito interessante...parabéns pelo conto!!
    Bjos mil

    ResponderExcluir
  60. Gosto muito de seu jeito de escrever, sabia?

    Umbom domingo.

    ResponderExcluir
  61. Salve também Janaína!

    Magistralmente você, esferograficamente, mostrou a realidade da solidão. Chega, ataca o manto da noite.
    Agradeço-lhe, profundamente pelo comentário em meu blog. Quanto a moça bonita, por motivos especiais, precisou ser substituída por uma rosa azul e uma parte da música de “Fantasma da Ópera”.
    Abraços, também, amiga! Um lindo fim de semana para você!

    ResponderExcluir
  62. Minha querida

    Na noite nos desnudamos...na noite nos vemos melhor.
    Um texto muito sensível e belo.
    Obrigada pelo carinho da visita...eu vou voltar sempre.

    Beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  63. eu diria mais: uma noitada é um bom consolo!

    Bjos, querida!

    ResponderExcluir
  64. Amiga,

    Obrigada pelo gentileza dos belos versos no Sam e pelo carinho que vim retribuir feliz! Um lindo domingo e muitos beijos!

    ResponderExcluir
  65. Olá, Janaina! Parabéns pela sua poesia. Bem significante...
    Entrei para conhecer seu blog e para desejar-lhe um óptimo 2011 cheio de sonhos realizados. Queria também deixar um pensamento talvez tolo, mas certamente interessante para quem gosta de questionar o legado dos nossos antepassados, embora não tenha muitode poesia:
    Acabámos de celebrar o Natal e... sabia que o Natal não existe? Curioso, não é?
    Pois: o Natal foi inventado pela Igreja para “cristianizar” as festas pagãs em honra dos deuses solares, Mitra e outros, que se celebravam, por todo o império romano, ao redor do solstício de Inverno, como início do renascimento para uma vida nova, a da Primavera. Teve o seu aparecimento no s. IV, na Igreja Ocidental (25 de Dezembro – calendário Gregoriano) e no s. V na Oriental (7 de Janeiro – calendário Juliano). A narrativa do nascimento de Jesus de Mateus, ampliada por Lucas (nada sendo referido nem em Marcos nem em João), uma e outra são puras invenções sem qualquer credibilidade histórica nem qualquer verosimilhança (No inverno, os pastores não dormem ao relento...) Portanto, o Menino Jesus do catecismo não existiu. Muito menos o Deus Menino! E o mundo inteiro festeja algo de inexistente... Dá que pensar, não dá? (Ver mais no meu blog “Em nome da Ciência” cujo acesso é: http://ohomemperdeuosseusmitos.blogspot.com)
    Agora, associando-me ao luto de nossos irmãos brasileiros e fazendo votos para que semelhantes tragédias não voltem a acontecer aí no país irmão, uma outra ideia: apesar das catástrofes que vão acontecendo pelo mundo, com muita probabilidade provocadas pelas alterações climáticas e ambientais devidas à acção do Homem, o mesmo Homem, através dos seus governos subjugados aos interesses económico-financeiros de alguns (5% da população mundial, isto é, os que detêm 95% da riqueza produzida à face da Terra), não vai pôr-lhe cobro; preferirá assistir a novas catástrofes em que, como de costume, os mais fracos e pobres são os que irão continuar a sofrer. Inutilmente! Há que lutar para mudar estes sistemas e estes modelos não só políticos mas também económico-financeiros. Como? – Ver no meu blog “Ideias-Novas” cujo acesso é: http://ummundolideradopormulheres.blogspot.com
    Francisco Domingues

    ResponderExcluir
  66. querida janaina,
    talvez o que um dia ouse viver dentro de nós não saiba morrer. quem sabe vive mesmo para lá do corpo e da memória que um dia se extinguirá nos braços do tempo. mesmo que estando morto, já, para os que nos olham e avaliam. nesse então, as ilhas crescerão sobre línguas de areia que se desfraldam diante dos nossos pés, na mais bela península que nem a mais escura das noite poderá sonegar.
    beijinho com a certeza de que não há im.possíveis (muito menos mágicos e presdigitadores :)!

    ResponderExcluir
  67. Um otimo domingo pra ti querida amiga e uma semana de poesia e paz...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  68. nossa obrigado pelo comentaria amiga jana...
    e com muito gosto que aprecio seu trabalho (devoro-o) pra falar a verdade .. de uma audacia sem limites e por isso ergo a minha mãos e faço ouvir palmas incessantes ...

    Parabens !

    do seu amigo Francisco Manuel (xico_skywalker)

    ResponderExcluir
  69. Colocando todo o ranço para fora, abre-se o espaço para a felicidade. bjs

    ResponderExcluir
  70. na noite tudo se agiganta!

    um conto e tanto...

    beijo, bela.

    ResponderExcluir
  71. Ah, Janaína, me apresenta esse devorador para que ele engula a saudade que me faz parecer tão pequena.
    Bjo, amiga.

    ResponderExcluir
  72. Quantos sonhos, porcelanas joguei pela janela... E quem me dera se tivesse um mágico lá embaixo devorando as migalhas, pra depois gritar bem alto: Estou aqui, Solitária!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  73. A vida as vezes nos cobra por coisas que deixamos de realizar, por fraquezas, medos... e o jeito, é jogar tudo pela janela e fingir que esquecemos!

    Lucí- Inspire me...

    ResponderExcluir
  74. Nathy: As vezes os sonhos fixam-se a nossa vontade de guardá-los conosoco, mesmo que isso nos machuque, por isso é que é tão difícil livra-se deles.

    ResponderExcluir
  75. Max, assim você vai me convencer viu?! rs

    ResponderExcluir
  76. Silvana, morar em Pernambuco foi uma experiência magnífica, o mar, as pessoas, os ligares lindos, foi tudo um sonho, que algum dia hei de sonhar novamente...

    ResponderExcluir
  77. Guará, eu já fui do time dos inconstantes...

    Hoje sou sonhadora.

    ResponderExcluir
  78. Pena: Tu és a gentileza em pessoa, e toda vez que leio teus posts viajo entre passados tão doces, tão inesquecíveis.
    Não tem como não melhorar o meu presente.

    ResponderExcluir
  79. Meu texto foi só diversão mesmo porque eu sei que sem vcs mulheres, os homens não seriam nada

    ResponderExcluir
  80. Valquíria Oliveira Calado: Nosso espirito guarda o sopro divino, por isso temos dons maravilhosos, então não seria de estranhar ter dentro dele inteligências.

    Tomara que possamos usá-las apenas para o bem, o livre arbítrio pode nos proporcionar n caminhos.

    Que Deus seja sempre nosso guia

    Abraços
    Val, que o equilíbrio esteja dentro dos suplementos de nossas vida.

    ResponderExcluir
  81. Thay Negrão: Cuidado menina, só não vá jogar coisas pela janela porque podes acertar alguém passando na rua...rs

    ResponderExcluir
  82. São: Obrigada, espero despertar sempre coisas boas nos meus leitores.

    ResponderExcluir
  83. Machado: A rosa é tão bela quando a moça, e tudo faz parte de uma moldura que carrega o que é realmente especial: A tua poesia!

    Bendita mão a tua que cria beleza em forma de palavras.

    ResponderExcluir
  84. Sonhadora: A noite me desnuda e me acalenta, mas há noites em que sofro metamorfoses.

    ResponderExcluir
  85. Cynthia Osório: Sim, a noite me embala e também me consola, mas depois de expurgar as minhas dores, só assim fico saciada mocinha...rs

    ResponderExcluir
  86. Francisco Domingues: Certamente natal nada tem haver com o nascimento de Jesus, meu lado arqueológico já leu bastante coisa a respeito e uma coisa não se liga a outra, para começar o nascimento de Jesus não foi em dezembro, e na época que nasceu não há combinação alguma com o clima que nesta época no lugar do nascimento era diferente, onde uma criança humana jamais sobreviveria numa manjedoura sem aquecimento apropriado.

    O homem anda mesmo acabando com a terra que habita, tem horas que penso que somos parasitas perfurando e mudando o organismo imenso que é a terra.

    ResponderExcluir
  87. Paulo Larindo: obrigada Paulo, sinto o mesmo quando leio teus contos extremamente inteligentes.

    ResponderExcluir
  88. Jorge: Então viverei enquanto a poesia viver em mim...

    ResponderExcluir
  89. Everson Russo: Que a paz seja nossa porta de entrada sempre!!!

    ResponderExcluir
  90. Xico:
    Xico, ler-te é um imenso prazer, tua inspiração inspira também...

    ResponderExcluir
  91. Denise:

    É mesmo preciso estarmos limpo para receber a visita da dona felicidade...

    ResponderExcluir
  92. Cris, a noite me encanta e me assusta, mas sempre sobrevivo.

    ResponderExcluir
  93. Marinha: Um dos maiores devoradores de tristezas é o papel e a caneta, escrevendo tornamo nos quase livres... Tente fazer assim, comigo quase sempre dá certo, ufa!!!rs

    ResponderExcluir
  94. Help:

    O mágico está dentro de você, dentro de todos nós, basta que apuramos nossos sentidos para poder percebe-lo.

    ResponderExcluir
  95. Luci:

    Eu já devo ter atingido muitos "transeuntes" com minhas migalhas atiradas pela janela, ahhhhhhh mas fiquei aliviada...rs

    ResponderExcluir
  96. Felicidade Clandestina:

    Brigadinha... Quero poder encantar para sempre. :)

    ResponderExcluir
  97. Queria eu jogar, lembranças, sonhos e desilusões pela minha janela...e um devorador estivesse lá para coer as migalhas...:(
    Belo texto!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  98. Felicidade Clandestina:

    Enquanto puder encantar estarei feliz, quando não mais puder que não me sinta triste, quero apenas viver...

    Obrigada pela visita e pelas palavras de incentivo!!!

    ResponderExcluir
  99. Antonio:

    Somos mais fortes quando nos livrarmos do que nos machuca :)

    ResponderExcluir
  100. Janaina,eu preciso aprender a abrir minhas gavetas e jogar muitas coisas fora como as mágoas,as dores,enfim tudo o que faz minha alma sofrer.Amiga,que belas e meigas palavras você deixou em meu espaço,lindas como você,obrigada.Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  101. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  102. É preciso tirar um dia para reflexão e muita coragem. livrar-se de nossas dores não é fácil como agente pensar.

    Livrar-se de dores é exorcizar-se.

    Abraços querida, teu santinho é perfeito em encantos.

    ResponderExcluir
  103. Querida Janaína

    tens razâo em dar-me um puxâo de orelhas
    perdâo te peço. mas eu jamais te vou esquecer
    todas amigas/os estâo sempre no meu coraçâo
    obrigado pelo teu carinho.

    desejo-te feliz semana

    beijos e poesia flor!!

    ResponderExcluir
  104. Braulio Pereira:

    Sendo assim, perdoar-te-ei por toda vida!!! rs

    ResponderExcluir
  105. Sensacional!!! Excelente cena, que visão!!

    []s

    ResponderExcluir
  106. Oi menina Janaine!

    Tu escreves bonito, a tua poesia tem magia, que me prende "nos braços da Noite" e do dia.

    Lá no outro lado, passou-se dos oito para o oitenta, e no meio é que está a virtude.

    um beijinho para ti.
    José.

    ResponderExcluir
  107. Olá Jana: Me desculpa por te tratar por Jana, mas acho mais suave de escrever, lindo poema pequeno, mas bem escrito, amanha faz uma visita ao meu blog. que tens la uma supresa desde já peço desculpa.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  108. Obrigada pela visita, fiquei bem feliz. Seu blog é bem legal,parabéns

    ResponderExcluir
  109. Minha amiga:
    Quanta imaginação e que cenário mais surreal, adorei o final, perfeito!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  110. De vez em quando precisamos de um mágico nas nossas vidas. Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  111. tão bonito... e bem escrito.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  112. Saudade de você no Chá da Cinco.
    Ficar com a gente mesmo as vezes assusta.
    Bjs
    Gemária Sampaio

    ResponderExcluir
  113. Beijo carinhoso de bom dia pra ti querida..

    ResponderExcluir
  114. Rafael Castella das Neves:

    Tento casar poesia e imagem, antes vejo a poesia na imagem, depois é que desenrolo...rs

    Brigada pela visita Rafa.

    ResponderExcluir
  115. Que lindo retorno... Como seria bom poder jogar nossas angústias pela janela...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  116. José:

    Ah, meu amigo a poesia me leva longe, e eu fico querendo enfeitá-la com tudo que tiver a mão: Dias noites, estrelas e lua, e quando parte de um poeta de mão cheia como tu um elogio desses, fico tentando caprichar mais e mais.

    ResponderExcluir
  117. Mgmes: Todo mundo me chama de Jana, é um jeito carinhoso de tratamento, até acho estranho quando alguém me chama de Janaina

    ResponderExcluir
  118. Hadassah:

    Seja também bem vinda ao meu e volte sempre que desejar.

    ResponderExcluir
  119. Fê: Cê é sempre um amor menina, brigada pela visita, sempre me enche de felicidade.

    ResponderExcluir
  120. Fernando: O meu mágico tem que ser constante, só quando ele devora as migalhas de tudo que é ruim, é que consigo relaxar ...

    ResponderExcluir
  121. Ricardo Valente: Brigada :)

    Sempre fico insegura quando escrevo, mas posto assim mesmo, só depois vou ver no que deu...

    ResponderExcluir
  122. Chá das cinco:

    Mocinha, é que inventei de responder os comentários aqui e no blog dos donos dos comentários e me atrapalhei um pouco...rsrs

    ResponderExcluir
  123. Oi Janaina...Vi seu endereço no blog Pode de Palavras e vim te fazer uma visitinha.
    Adorei sua postagem...vc escreve muito bem!Parabéns!
    Quando puder passa lá no meu blog...vou adorar receber sua visitinha.
    Tudo de muito bom para ti!
    Beijos!

    http://mbeatriz.webnode.pt

    ResponderExcluir
  124. Everton: Eba!!! Peguei o beijo, obrigada pelo carinho meu amigo, gosto muito de ti.

    ResponderExcluir
  125. Dani:

    Ah Dani, se eu não fizer isso nem que seja figurativamente eu enlouqueço...rsrs

    ResponderExcluir
  126. É minha linda, realmente o jeito é esquecer,jogar ao tempo. Deixar que o mesmo se encarregue de apagar as memórias doloridas .... Obrigada pela sua visita e irei seguir-te também ... Lindo Blog, amei ... Um forte abraço da pimentinha .... =D

    ResponderExcluir
  127. Beijo carinhoso de bom dia pra ti querida amiga,,,paz e poesia sempre...

    ResponderExcluir
  128. Piment29:

    Só o tempo cura nossas dores Pement, ele é sábio, ele é grandioso.

    Obrigada por sua visita também, espero que voltes muito mais vezes

    ResponderExcluir
  129. Everson:

    Que a paz venha sobre todos nós meu amigo.

    ResponderExcluir
  130. Olá, Janaína!

    Parece coincidência, mas foi bem assim que ousei me libertar de mim, lá! Atirando tudo pela janela.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  131. o teu conto espatifa em nossos espelhos, Janaína. Reflexos nossos.
    São palavras que levam a reflexão.

    Gostei.

    ResponderExcluir
  132. Lindo texto!!! Um microconto na verdade. Simples mas com um rico tom poético.
    Bjus

    ResponderExcluir
  133. Colegas...

    Ganhei 4 convites para a peça o mentiroso (veja detalhes sobre a peça aqui: ) e num gesto de incomensurável benevolência vou dividir com vocês! Este gesto pode no futuro fazer com que nossos leitores tenham a curiosidade de conhecer outros blogs. Conhecer novas idéias... ou não. Bem... dois vou distribuir para os meus leitores e dois vou dividir com seus leitores, afinal... uma mão lava a outra e as duas lavam a Bun... digo a cara!
    Vou dar 2 convites grátis para a peça O mentiroso. Para o próximo domingo dia 20 ou segunda-feira dia 21!
    Regras do Jogo: Os dois primeiros EMAILs que chegarem à minha caixa postal nesta quinta-feira após às 17:00h (hora do chá de cidreira) pedindo os convites... leva! Seu leitor deve informar o nome e a data que quer ir ao Teatro e dizer que foi indicado pelo blog de voces.

    Um grande abraço!

    Carlos Kurare

    ResponderExcluir
  134. Coisa mais fofa este desenho, diz tanto quanto as palavras

    ResponderExcluir
  135. Belissimo e sem retoques, talvez como teus olhos...talvez como a distância dos que se amam...curta e voraz!

    ResponderExcluir
  136. Janaina, parabens, mas um maravilhosa poesia, e vim pedir para não deixar a saudade tão grande, como esta voce e tudo na vida corre do jeito que gosta e quer, eu desejo que sim e tudo de otimo para voce e os seus, agora tua opinião é valorosa, vem ler um novo conto e dizer o que achou e o que viu neste meu escrito, tenha um semana harmoniosa e belam, beijos !!

    http://dionariadionaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...