Google+ Badge

quarta-feira, 13 de março de 2013

Olhar de menina



O silêncio enciumando as palavras
Revirando as coisas, pondo tudo pelo avesso

Interrogações

Interpretações

Desmedidas...

Um olho no gato outro olho na vida...
Os garotos fazem riscos no muro
Há putas e freiras na esquina
Umas querendo a fé, outras querendo a sina...
O medo recriando abismos, mistérios e rotinas.

A página deu vida ao fogo
O abandono precisou de morfina.

E o silêncio por lá, fazendo festa no olhar da menina.

Janaina Cruz


41 comentários:

  1. Que encanto de poema, Jana! Inefável!

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito dos seus poemas, mas neste, você se superou!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia moça!
    Gosto da forma e energia intensa que há nas entrelinhas de seus versos.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que a minha escrita possa sempre te encantar minha amiga... :]

      Excluir
  4. Jana menina, uma paixão de poesia.
    E no olhar dessa menina quantos silencios mas tambem sonhos nos ensina? Delicia que fascina.

    Suas mensagens me encorajam e me faz seguir adinata por isso hoje vou deixar um recado pra vc, minha menina.

    Aproveita o dia,
    Não deixes que o dia termine sem teres crescido um pouco, sem teres sido feliz, sem teres alimentado teus sonhos.
    Não te deixes vencer pelo desalento.
    Não permitas que alguém te negue o direito de expressar-te, que é quase um dever.
    Não abandones tua ânsia de fazer de tua vida algo extraordinário. Não deixes de crer que as palavras e as poesias sim podem mudar o mundo.
    Porque passe o que passar, nossa essência continuará intacta. Somos seres humanos cheios de paixão.

    beijos, e uma quinta de luz.Menina linda!

    ResponderExcluir
  5. Gosti... parabéns pela apimentada poesia e pelo dia de hoje ao que te faz jus...

    Valeu e DeussssssssssssKiajude

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Janaína
    tudo bem?
    obrigado pelo carinho da visita e participação em meu blog...
    o silêncio de quem não calar faz com que tudo seja vista através de uma lente de aumento, exagerando ou interpretando de forma dual, negativa e intensa,
    Nesse estado de coisas e a presença olhar sempre duro , logo irá converter em um sorriso de satisfação com as facas entre os dentes ...bem...o fim pode ser o começo e o começo, bem, esse pode ser o fim de tudo se não estiver tudo claro e transparente
    Meu carinho
    Boa noite de quinta feira
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Aplausos,Jana!Que poesia mais linda no dia da poesia!Adorei!bjs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, minha amiga alada, eu adoro a sua presença aqui!

      Excluir
  8. Querida amiga

    As palavras
    que semeiam o pensar
    são preciosas.
    Delas nascem sentimentos
    que nos tiram do lugar comum
    e nos fazem sentir
    o perfume
    precioso da vida.

    Olha o céu de manhã.
    Vês como brilha iluminado
    por teus sonhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tua presença é sempre especial meu amigo, obrigada pelo carinho da visita.

      Excluir
  9. Cada vez me encantas mais e mais.
    Maravilhosa poesia,maravilhosa como tu!
    Só me enches de orgulho,norinha amada do meu coração!
    Beijão...

    ResponderExcluir
  10. Apenas quero que você me visualize levantando-me e aplaudindo-te. Que coisa linda, Jana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, menininha, tua presença me deixa tão feliz!!!!

      Excluir
  11. Oi Janaina!Vim reler as poesias de seu blog e dizer que hoje tem poesia sua aqui:

    http://recantodosautores.blogspot.com.br/2013/03/era-pra-ser-diferente.html

    bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo as tuas surpresas minha amiga, obrigada por tudo!

      Excluir
  12. Olá Janaína.

    Poema belo e intenso.
    Parabéns.
    Estou de volta!

    Beijos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, obrigada pela visita, volte sempreeeeeeeee, vou adorar!

      Excluir
  13. Dentre seus poemas, este foi o que mais gostei. Juro! Ele me remeteu a uma série de situações... a percepção, o olhar, o silêncio absorvem tanto que nos clareia e escurece sem percebermos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luzita, esse poema fez acontecer infinitos quadros menteis viu?! rs

      Excluir
  14. tenho um olhar de menina até hoje

    feliz dia do blogueiro
    lindo dia bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nandita que todos os teus dias sejam especiais...

      Excluir
  15. Um poema adorável, pois nos olhos da menina a sensibilidade se mantem VIVA!!!
    Abraços...

    ResponderExcluir
  16. Sei que esta estudando, passei só pra dar um beijo.

    A clara luz excedeu
    o som da prece
    do teu suspiro manso,
    para que nunca me falte
    a alegria dos inúmeros recomeços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, eu ando aprendendo a domar o tempo, logo, logo estarei de volta ao blogsfera ♥

      Excluir
  17. Um poema de uma enorme sensibilidade.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu és um amor Irene, obrigada pela presença carinhosa.

      Excluir
  18. Uma de suas melhores obras, querida amiga.
    Lhe saúdo com palmas.
    Grande abraço e continue com essa capacidade de traduzir emoções.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada meu amigo, grande abraço pra ti.

      Excluir
  19. Bom dia Jana!
    Muito belo seu poema.. "E o silêncio por lá, fazendo festa no olhar da menina."
    Bom fds, fique com Deus.
    E tem novos posts em:
    http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/
    http://dicionario-feminino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mocinha linda, adoro a tua visita. Mil e um beijos pra ti ♥

      Excluir
  20. Janaína, você é uma excelente poetisa, os seus versos são de uma qualidade sem igual, meus parabéns. Mil abraços.


    veja meu blog:
    http://fernandopaixxao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...