Google+ Badge

quinta-feira, 17 de março de 2011



Matusalém

Hoje sou Matusalém, deitado nas costas das sombras
Onde vi nascer anos cruéis e anos bons que foram bem vividos.
Talhei a vida a unhas
Fui a voz no deserto dos tempos esquecidos.
Com a eternidade ganha-se a inocência,
E a influência dos distorcidos.
As certezas não são importantes, nem são nossas propriedades.
Não detemos o poder, nem somos donos da verdade.
Vi Maria semear uma campo quase infinito de amores perfeitos, e colher em suas manhãs flores frias de solidões.
Feriu-se a pobre Maria entre as trepadeiras o o caramanchões.
Vi a Meduza adormecer em sua cabeça, as velhas serpentes.
Vi quando as mastigou e as prendeu entre os dentes.
Segui os antigos relógios nas paredes, armei as minhas redes
Eternizei-me em abraços, ganhei meus espaços, e agora os solto no ar…
Não há novidades no voar…
Fundi meu espírito com o espírito do tempo
No meio do pensamento
Sou como um pobre poeta, de alma aberta
Que ainda busca
Mas sou pobre, sem sal ou açúcar...

Janaina Cruz

*Pessoal, perdoem-me pela ausência, o tempo se fez pequenino na minha atualidade, mas logo estarei visitando a todos vocês*

86 comentários:

  1. Muito bonito..E assim são nossas vidas, momentos e momentos.

    Um Abraço do Macaco.

    ResponderExcluir
  2. Olá Janaina
    Um belo poema surreal. Amei.
    Bjux

    ResponderExcluir
  3. Não, Janaína, podes ter sido tudo, sofrido, se machucado mas, "pobre poeta sem sal" isto não serás nunca.

    ResponderExcluir
  4. Janaína,

    Que bom que você voltou! Que bom ouvir a sua voz!

    “Às vezes passamos pelas sombras. Entretanto os anos nos ensinam o método da vida. Poderemos ouvir novamente uma bela voz do amor perfeito. Vindas do ar; vemos as flores e seus perfumes. Voltamos novamente a voar livremente".
    Você não é apenas “... uma pobre poetisa, de alma aberta”, e, sim uma grande poetisa, cuja alma, com suas palavras nos levam a sonhar com as coisas do infinito.

    Que bom ler você! Você escreve com a esferográfica da alma! Que bom ouvir sempre a sua voz! Queremos mais, mais!...

    Beijos!...

    ResponderExcluir
  5. Seja bem vinda...

    Obrigada pela companhia.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de agradecer novamente o carinho prestado no blog do Gambiarra Profana e dizer que o poema Homem Peixe [e de minha autoria e nao do meu querido amigo e poeta Arnoldo Pimentel no mais reitero o convite feito várias vezes neste mesmo blog ao meu blog pessoal emaranhadorufiniano.blogspot.com

    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  7. Preciosa Amiga:
    "...Vi quando as mastigou e as prendeu entre os dentes.
    Segui os antigos relógios nas paredes, armei as minhas redes
    Eternizei-me em abraços, ganhei meus espaços, e agora os solto no ar…
    Não há novidades no voar…
    Fundi meu espírito com o espírito do tempo
    No meio do pensamento
    Sou como um pobre poeta, de alma aberta
    Que ainda busca
    Mas sou pobre, sem sal ou açúcar..."

    Que soberba e deliciosa escrita e conteúdos de sonho.
    Maravilham e deslumbram.
    Escreve de forma terna com imensa sigificação que parece explicar a vida, o sonho, sem magoar ou ferir.
    Parabéns. Excelente Post.
    Abraço amigo grato pel visita repleta de ternura no meu blogue.
    Com respeito, estima e consideração SEMPRE e de forma constante.
    Sempre a admirá-la

    pena

    Notável amiga.
    Bem-Haja, pela beleza de si.,
    Extraordinária. Adorei. É perfeita e sublime.

    ResponderExcluir
  8. Muito belos estes momentos que nos ofereces.
    Gostei imenso de te ler.

    Bom fim de semana

    bjgrande do Lago

    ResponderExcluir
  9. querida amiga

    obrigado pelo carinho sua vinda me honrra

    adoro caminhar nas suas palavras.. em breve vou eu fazer uma pausa.. desencontros rsss


    bom fim de semana

    beijos e poesia!!

    ResponderExcluir
  10. Lindo poema amiga, seja bem vinda.
    Tenha um maravilhoso fim de semana.
    beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  11. Que bom que retornou, Janaína. Não importa o tempo, importa é o momento.
    Lendo o que escreveu e tendo que apenas me render a elogios pela bela articulação das palavras.

    ResponderExcluir
  12. Amiga linda e talentosa,

    Que maravilha de poema! Fiquei literalmente voando, gravitando em torno de cada verso e da sua sensibilidade. Obrigada Janaína!

    Beijos com carinho sempre amiga! Lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  13. A sabedoria livre que é aprender sempre e que so tempo traz!

    Apareça, bjos!

    ResponderExcluir
  14. Belissimo minha querida,,,um otimo final de semana pra ti...beijos.

    ResponderExcluir
  15. Ah...que bom que voltou!!! Bom final de semana, grande beijo!

    ResponderExcluir
  16. Olá, jana, brigado pela passadinha viu. adorei seu comentário.

    Assim como a esferografia. bjos e fica com deus.

    ResponderExcluir
  17. Que poema maravilhoso Jana, com afeto e açucar de poesia de alto nivel na visão explendida das dores e amores da vida,numa bela inspiração neste homem que de tanto viver,fez da vida uma especie de escola.Muito bom este exercicio,fiquei extasiado pela maneira como descorreru cada fase.Veja se não suma,pois quem poeta com esta classe tem de estar presente nos brindando com belos poemas assim.Meu abraço terno.Bju de luz nos seus dias de belas inspirações.Belo fim de semana na paz.

    ResponderExcluir
  18. Palavras simples,mas cheias de sentimentos.
    Lindo!
    Fico feliz pela sua volta *-*

    Bejo grande.

    ResponderExcluir
  19. Excelente post minha amiga, parabéns.
    Um beijinho.
    Irene

    ResponderExcluir
  20. Lindo seu poema....

    Obrigada pelo seu carinho...


    desejo um final de semana abençoado!


    meu carinho!


    Zil

    ResponderExcluir
  21. Sem sal nem açúcar,mas tu és doce, o tempo pode ser pequenino, mas tu és grande, mesmo com pouco tempo sempre chegas, onde te prepões ir.

    beijinho,
    José.

    ResponderExcluir
  22. Amizade


    Não lembro datas ... Não me dedico a fazer contas, Nem fico imaginando até quando .... Simplesmente, porque amigos não são números Amizade é presença permitida, Ausência necessária E sempre presente , Esteja longe, Esteja ao lado, Esteja onde estiver... E o amor que dedico a um amigo é algo sem palavras É sorrir por dentro ... Chorar de emoção... Calar se preciso...


    (Alice Ruiz).

    FELIZ DIA DO BLOGUEIRO!

    Um gdeeeeeeee abraço amiga.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  23. Minha querida vim lhe deixar um abração e desejar-lhe um ótimo fim de semana.

    FELIZ DIA DO BLOGUEIRO.

    beijos.

    ResponderExcluir
  24. Imensamente legal ver vc por aqui e ainda mais com um poema desses...sem palavras.

    Bjs

    ResponderExcluir
  25. Dia 20 é dia do Blogueiro,
    então nada mais justo do que vir até aqui para parabenizá-los.
    Que continuemos, por muitos e muitos anos,
    colaborando com uma Blogosfera ética,
    sem plágio e unida.
    Um viva a todos nós \o/

    ______feliz dia Blog_______feliz dia Blogue
    ____feliz dia Blogueiro___feliz dia Blogueiro
    ___feliz dia Blogueirofeliz dia Blo_______feli
    __feliz dia Blogueirofeliz dia Blo_________feli
    _feliz dia Blogueirofeliz dia Bloguei_______feli
    _feliz dia Blogueirofeliz dia Blogueirofe______f
    feliz dia Blogueirofeliz dia Blogueirofeliz __fel
    feliz dia Blogueirofeliz dia Blogueirofeliz dia_f
    feliz dia Blogueirofeliz dia Blogueirofeliz dia B
    feliz dia Blogueirofeliz dia Blogueirofeliz dia B
    _feliz dia Blogueirofeliz dia Blogueirofeliz dia
    __feliz dia Blogueirofeliz dia Blogueirofeliz d
    ____feliz dia Blogueirofeliz dia Blogueirofeli
    ______feliz dia Blogueirofeliz dia Blogueir
    _________feliz dia Blogueirofeliz dia Bl
    ____________feliz dia Blogueirofeliz
    ______________feliz dia Blogueirof
    _________________feliz dia Blo
    ___________________feliz dia
    _____________________feliz
    ______________________feli
    _______________________fe

    ResponderExcluir
  26. Bom dia, poetisa!

    realmente, quanta coisa já viste desfilar diante de teus olhos, em realidade, em imaginação e e em poesia, quanta coisa! um poema saboroso, eclético, fácil de ser lido e assimilado, assim como esta tua poesia de luz mais meridiana. Meus aplausos, amiga Janaína, pelo teu tão belo texto.

    Um bom domingo, amiga, saudades de teus comentários a meus pobres versos, esses sem sal, e sem açúcar...

    André

    ResponderExcluir
  27. Minha querida

    Tinha saudades de passar aqui.
    Deixo um beijinho carinhoso.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  28. Lindo e ritmado teu poema!
    Dá gosto passar por aqui, querida!
    Bjo pra ti.

    ResponderExcluir
  29. "com a eternidade ganha-se a inocência";
    aqueles que nunca perderam a inocência jamais ganharão a eternidade.
    belo regresso, querida amiga. bravo!
    um beijinho!

    ResponderExcluir
  30. Tempo é algo que tem fugido de mim também. Passa que nem vejo... e o blog vai ficando.
    Amiga, um abraço e feliz dia do bloqueiro.
    Deus seja contigo.

    ResponderExcluir
  31. Vim tomar mais um arzinho fresco por aqui...tudo porque eu me sinto bem aqui...lendo você...
    beijos.

    ResponderExcluir
  32. Eu adoro aqui seu espaço e adoro seus textos. Gostaria de ter a mesma facilidade em escrever poesias como você. Com certeza, muito lindo! Um grande beijo,

    Pedro

    ResponderExcluir
  33. Lindo... lindo... lindo... o que dizer vale apena não ter nada de novo assim nascem coisas maravilhosas, poetisa no dia do poeta um imenso abraço e parabéns pela grande cultura que apresentas em tua escrita, são versos repletos de sabedoria de uma nobre alma.

    ResponderExcluir
  34. Nossa eterna busca por ver e colorir sempre em volta...Como poetas inacabados...Beijo minha amiga linda...

    ResponderExcluir
  35. Que bom que tu voltou, e que bom que continuas com o mesmo pique e os belos versos, bju grande gata

    ResponderExcluir
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  37. Janaína e cearense de Juazeiro, onde estive.
    Juazeiro próximo de Brejo Santo, cidade querida e princesa do agreste!
    Um abraço carinhoso deste que não esquece o Ceará!
    Seja bem vinda minha amiga e poetisa maior.
    Um abraço afetuoso a ti e a todos os poetas desta terra maravilhosa.
    Seja sempre bem vinda, beijos em teu coração.
    O poema?
    É lindo, e seria dizer o óbvio acerca de tão singelos versos.

    ResponderExcluir
  38. Janaina


    Que a Primavera nos faça...SORRIR...




    PRIMAVERA



    Amor...
    Florir...
    Sorrir...
    E...


    Na Primavera...
    As flores...
    Florescem...
    Sorriem...
    E...


    Cativam o Amor...
    E nós...
    Deixamo-nos
    Embalar...


    E continuamos...
    A Amar!...


    LILI LARANJO

    ResponderExcluir
  39. Lindo poema!

    Obrigada pela visitinha ao meu espaço, e seja muito, muito bem vinda.

    Tenha uma linda e luminosa semana.

    Beijooooooooo

    Cid@

    ResponderExcluir
  40. Que lindo, Janaina! Meu coração sentiu e agradeceu...Bjs querida.

    ResponderExcluir
  41. Lindo texto e poema, Janaína.
    Que bom que voltou a escrever suas preciosidades.
    Bjussss
    Sil

    ResponderExcluir
  42. Lindo!
    Uma semana açucarada para você!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  43. Dizem que a vida tem que continuar, por isso estou aqui pra agradecer as palavras de conforto que recebi no blog e dizer que achei lindo a manifestação e o carinho de cada um de vocês. Obrigado!

    JC

    ResponderExcluir
  44. Jana.... nem se preocupe com esse lance de me visitar. Sei como o tempo interior, às vezes nào ajuda.

    Querida, como agradcer por teus mimos, carinhos, palavras? Percebe que isso nào tem preço?

    E esse poema que me arrepiou os ossos..... lá onde está o mais antigo da terra, o carbono 14.

    Sim, temos momentos de matusalém mesmo. Onde nada é novo, onde tudo se repete....

    Mas, de repente a vida vem, sopra sua brisa de novidade, e a gente vira criança.

    ResponderExcluir
  45. Oh Janaína que saudade de você!

    Lindo poema!

    Momentos, e momento, eis a vida. mas com o passar do tempo se ganha inocência, pelo menos eu não ganhei inocência com o passar do tempo, aliás, estou perdendo a minha a cada dia!

    Abraço, e não suma mais!
    Gosto de ler você!
    ^^)

    ResponderExcluir
  46. Sabes poetisar com tempero açucar e sal
    é mel da melhor florada... nos faz bem é bom!!!

    ResponderExcluir
  47. Lindo de se ler e sentir.
    Abraços

    ResponderExcluir
  48. Um beijo, Janaína.
    Obrigada pela visita!
    Venho sempre que posso ler seus versos.

    Felicidades.

    ResponderExcluir
  49. OI, muito interessante seu blog, to passando aki pq vi q vc é seguidor do blog do meu amigo, Mailson, e por isso quero convidar vc para dá uma olhada no meu blog http://otaviomsilva.blogspot.com/
    desde Já agradeço, Forte abraço

    ResponderExcluir
  50. Minha querida

    Passando para deixar um beijinho e reler o teu texto emocionante.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  51. belo o poema. merecer ser apreciado.

    ResponderExcluir
  52. Uma sensibilidade imensa em cada uma das palavras cobertas de sons, sentimentos e bem estar. Momentos e momentos que vão ilustrando nossas vidas.

    ResponderExcluir
  53. Que legal! muito louco, no bom sentindo

    ResponderExcluir
  54. Ola Janaína, obrigada pela visita e foi muito bom conhecer seu espaço, amei seu jeito de fazer poesia, a abstração cede lugar ao que verdadeiramente lhe vai na alma, poesia para mim é isto ,uma releitura do nosso pensar e do nosso sentir colocada em versos e você o faz com maestria, parabéns! Admiro pessoas sensíveis e que escrevem bem.Abraços.

    ResponderExcluir
  55. Janaina, parabéns pelo talento! grato pela amizade e carinho, tenha um bom fim de semana, bjs

    A feiticeira da noite sopra estrelas no céu
    a lua torna-se mais cheia e resplandecente
    a noiva da colina asperge um suave perfume
    espalhando no ar o seu chamado envolvente.

    Trata-se de um convite ao amor e a amizade,
    vai ecoando pelos quatro cantos da cidade
    rua do porto, engenho central, repúblicas....
    nada passa despercebido ao clamor lançado.

    ResponderExcluir
  56. Bom te ver de volta Jana! Lindo poema!

    Beijos tatuados!

    ResponderExcluir
  57. Janaina sumida, vim te buscar pro Chá.

    Quam não se sente Matusalém de vez em quando heim?
    Tem dias que nos achamos um zerinho,mas passa, que sorte, passa.
    Beijos
    Gemária Sampaio

    ResponderExcluir
  58. Amiga passei para lhe desejar um exclente fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  59. Oi Janaína
    Faz tempo que nao passva aqui no seu recanto .
    Gosto de textos que nos faz refletir sobre como nossos sentimentos são estáveis .
    deixo um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  60. Passei pelo seu blog e gostei muito. Vou ficar :)
    Obrigada pelo carinho, deixado no meu pequeno mundo.
    beijo, bom fim de semana.

    OA.S

    ResponderExcluir
  61. Estive de novo cá e deixo um beijinho.

    ResponderExcluir
  62. Saudações, querida Janaina,
    belíssimo retorno, moça
    na verdade, quem são @s don@s da verdade?
    beijos e belos dias de muita vida

    ResponderExcluir
  63. Jana: Lindissimo poema adorei, mas ve se não demoras porque começo a sintir a tua falta.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  64. Oiie Janaina lindo seu blog otimo fim de semana bjos!!!

    ResponderExcluir
  65. Lindos versos minha doce Janaína, percebo que você é uma poeta muito acima da média, muito acima do comum, alias de comum você não tem nada. “Matusalém”, nos fala de alguém que vivenciou muitas experiências em seu espírito, através de sua vida repleta dessas mesmas experiências pessoais. Nesse caso os anos não se passaram em vão, mas serviram de inestimável bagagem existencial, sendo que sem ela ficaria difícil tocar a vida sem a tremenda sabedoria que tal bagagem nos dá. Sua linguagem literária é belíssima, e as imagens que você nos projeta através dela, são igualmente lindas e impressionantes. Adorei seu jeito de escrever. Beijos poéticos e voltarei sempre.

    OS: Ah me tornei seu mais novo fã e o mais novo seguidor do seu blog, gostei do nome dele, bem original, “Esferografia”.

    ResponderExcluir
  66. oi queda amiga


    vim visitar voce vou viajar a Portugal vou fazer uma pausa de férias..


    beijos felizes dias doces noite....

    ResponderExcluir
  67. Magnífico poema.
    Gostei imenso da forma e do conteúdo.
    A tua poesia tem imagens deliciosas.
    Parabéns pelo teu talento.
    Querida amiga, bom Domingo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  68. Olá Janaina, obrigada por sua visita...
    Meu blog é intenso, louco, desvairado e as vezes normal, tudo depende da minha intensidade,rsrs, muitas vezea aflorada e outras adormecida, e dai vem os textos de calmaria e romantismo, rsrs

    Adorei seu blo, ja estou seguindo-a, e virei visit-la, bjs e bom final de semana

    ResponderExcluir
  69. Janaina, eu tinha esse blog(http://seductionbooy.blogspot.com/) recomeçei aquele eu perdi a senha se puder me aceitar novamente e me seguir agradeço.
    Beijos com carinho do Sr. Outlaw (antigo caique)

    ResponderExcluir
  70. Tão poético,tão intenso!
    Lindo Aqui Janaína,tem beleza e conteúdo.
    Obrigada por visitar meu espaço,cá estou a seguir-te também!
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  71. Olá Janaína ..
    obrigada pela visita, espero que possamos sempre estar presentes ..
    seguindo aqui tbm..

    beijoOoo

    ResponderExcluir
  72. Olá lindona !!!!

    Belíssimo texto como sempre, cheio de intensidade e profundidade !!
    Nosso caminho nesta vida tem destas coisas, horas de mel, horas de fel e com isso crescemos, brilhamos, sorrimos, choramos !! Mas sempre avançamos !! Adorei !!
    Só não concordo sobre ser sem açúcar e sem sal, isso nunca será, basta ler o texto, és bela, sábia e contagiante !
    beijos e que sua semana seja maravilhosa !!!!

    ResponderExcluir
  73. Minha linda agora separei os Blogs e quero teu comentário, sabe que sou o Ulisses, fico feliz em ter voce perto, muita harmonia e felicidade para voce e os teus tesouros . . .

    ResponderExcluir
  74. Olá Janaina!

    Belas palavras, cheias de reflexões, muito bom!

    Abraços,

    Thiago

    ResponderExcluir
  75. Jana,

    Forte, profundo e verdadeiro!

    Saudades começando a ser mitigada...

    Beijo enorme,

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...