Google+ Badge

segunda-feira, 22 de novembro de 2010



(Foto tirada na praia da Pitinga- Porto seguro)

Despedida
Eu nunca soube o que realmente sentiu
Quando no separamos.
A porta permaneceu aberta por muito tempo
Irradiando a luz nostálgica da despedida.
Teu silêncio e teu perfume ficaram em todas as paredes da casa
Nos meus ouvidos, no meu olfato
Te transformei em meu auto-retrato
Latente e vibrante,
Contendo restos perdidos de nós dois.
E então recusei-me a fechar a porta
Não podias ter ido muito longe
Sabia que voltarias
Viril e galante
Cheio de saudades
Iluminando
Iluminando
Como faísca instigando incêndios

Janaina Cruz

45 comentários:

  1. Todo esse poema me esperança. SEmpre deixamos a porta aberta para que se o acaso permitir possamos ter um novo encontro...

    ResponderExcluir
  2. Belo...Simplismente tocante, mas Belo

    parabéns...

    =)

    Até

    ResponderExcluir
  3. Que lindo seu blog, Janaína! Parabéns, poetisa! Tenha uma semana iluminada. Abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  4. Em amor, não há último adeus, senão aquele que se não diz ...

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Olá!!estou aqui em seu blog ..
    Vim do blog do amado Everson ..
    E na verdade nunca vi tanta beleza
    suas postagens são bélissimas .
    O Everson é meu anjo menino
    recomendou seus amigos para mim.
    Estou seguindo seu blog e convido a seguir o meu.Hoje é um blog Natalino mais em janeiro volta ao normal.
    www.fonte-amor.zip.net
    Um beijo carinhoso conto c/ sua amizade pois a minha vc ja tem,Evanir
    www.fonte-amor.zip.net

    ResponderExcluir
  6. Muito bom ! Seu blog está na lista dos favoritos.

    Fiz uma lista no meu blog de recomendações e o seu blog está lá. Abraços e parabéns pelo trabalho.

    http://singularw.blogspot.com/ (o meu blog)

    ResponderExcluir
  7. Doce e Terna Poetiza Amiga:
    VOCÊ é linda, sabia? Imenso!
    "...E então recusei-me a fechar a porta
    Não podias ter ido muito longe
    Sabia que voltarias
    Viril e galante..."

    Adoro ver isto num poema delicioso e maravilhoso. De perfeição.
    A sério, é linda, acredite?
    Tem veia poética admirável. Tem sentimentos certos e precisos.
    No maior respeito e estima.
    Com consideração constante e SEMPRE!
    Abraço amigo de parabéns sinceros.

    pena

    Adorei.
    Bem-Haja, pela amizade. É divinal. É uma honra gigantesca.
    Excelente! Saio maravilhado por tanto encanto.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  8. Janaína,

    quando de fato a separação não é desejada, a porta da esperança deve ser deixada aberta. O poema é lindíssimo e descreve o que de fato sentimos com arte, sentimento e beleza.

    Lindo o seu blog e rico em conteúdo. Obrigada pela gentil visita. Espero que retorne!

    Carinhoso beijo e ótima semana, poeta.

    ResponderExcluir
  9. Lindíssimo poema! O amar assume tantas formas que todas são passíveis de sentires fortes e inesquecíveis!

    Lindo seu blog!

    Beijinho

    ResponderExcluir
  10. Janaina.. Tudo o que escreve é doce e suave. Você jamais vai derreter e sim vai se eternizar nas suas obras! Desejo a você uma semana iluminada!!

    ResponderExcluir
  11. Olá Janaína!

    Acho muito linda a sua Esferografia! É algo fantástico, adoro vir aqui.
    Realmente as despedidas sempre deixam marcas. Parece que em tudo realizado ficam cicatrizes que ficam nos lembrando do passado. É sinal de que o amor ainda insiste em permanecer.

    Fico feliz por você ter me comentado lá no “Recanto das Letras” e aqui também. O interessante do “Recanto” é que podemos deixar registrado o nosso trabalho, não é?

    Desejo-lhe também uma linda seman!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  12. Li com muita atenção o que deixou no meu "Rubraacácia". Às vezes não se sabe bem o que fazer. Dá-se amor, carinho, deixa-se a porta aberta e espera-se... Até quando?

    Entendo tudo muito bem. Situações idênticas.

    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Olá Janaina

    Vim espreitar o seu blogue e agradecer-lhe a sua visita ao meu cantinho.
    Obrigada.

    Ah! nas quanto poema bonito por aqui!

    Parabéns!

    Gostei muito do seu blogue.

    Desejo-lhe uma boa semana

    Um abraço

    viviana

    ResponderExcluir
  14. Janaina,

    O coração e sua porta escancarada, não tem jeito, quando é de verdade é assim.

    Fiquei olhando pra essa foto do post, adoro fotografia, e essa sua está linda.

    Beijo imenso, menina querida.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  15. Ainda que partamos, deixamos fragmentos de nós no passado.
    Inevitável.

    ResponderExcluir
  16. Oi , tudo bem? Vim agradecer sua visita no blog Templo da Sintonia, adoramos viu? Lá escrevo junto com a minha amiga Neguinha.
    Gostaria de aproveitar e te convidar a visitar meus dois blogs pessoais e me seguir caso queira ta?
    Adorei seu cantinho e ja estou lhe seguindo para vir sempre aqui.
    beijos.

    http://deliriosdamiss.blogspot.com/

    http://cantinhodamissrj.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Iluminando,... os versos vão iluminando! todo
    um viver de amor... veja sempre feliz...e nos
    fale desta felicidade. Minha amiga obrigado
    por sua atenção, por sua gentileza, tens
    um coração que sabe compartilhar amor

    ResponderExcluir
  18. Q BLOG LINDO E INTERESSANTE,PARABÉNS!
    TO SEGUINDO TÁ.

    ResponderExcluir
  19. Bom dia... olha meus micos, estava te seguindo mas não aparecia na sua janelinha... acho que foi porque entrei quando não apareciam seus contatos. Mas enfim... já estou por aqui curtindo esse blog lindo... até!!

    ResponderExcluir
  20. Excelente e Sensível Amiga:
    MUITO OBRIGADO pela amizade.
    É uma honra passar aqui neste delicioso e soberbo cantinho de sonhos.
    Bem-Haja, pela sua beleza e pureza.
    Abraço amigo de respeito e estima.
    Sempre a admirá-la

    pena

    É linda!
    MUITO OBRIGADO, amiga!

    ResponderExcluir
  21. Toda despedida é sempre dolorida, a gente fica esperando uma volta, um recomeço que muitas vezes não vem,,,beijos de boa terça feira pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  22. Amiga,

    amei voce ter vindo também no Sam. Obrigada pelo carinho e gentileza. Fiquei feliz!

    Beijos e felicidades, TODAS!

    ResponderExcluir
  23. Oi amiga, obrigada pela sua visita lá no Infinito viu? Fiquei muito feliz.....ah o outro eu tinha fechado pra testar um template novo e esqueci de abrir kkkkkkkkkkkkkkkkkkk desculpe.
    Mas ja ta aberto, obrigada por me avisar, beijos. http://deliriosdamiss.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. A sua Esferografia me encantou Janaína! Também espero que esta porta continuo, sempre aberta para que eu possa entrar e vir ver a sua linda poesia. também estou seguindo seu blog,

    beijinho,
    José.

    ResponderExcluir
  25. Janaína obrigado pelo visita, estarei aqui contigo também.

    bjos.

    ResponderExcluir
  26. Obrigado por teres passado pela minha humilde cabana....

    "Quero escrever até desaparecer por completo" ...
    Lindo isso!

    Vou te seguir....
    porque gostei imenso da tua poesia....
    simples e doce....

    e essa declaração de amor à tua cara metade...
    fabulosa!!!!!
    Votos de felicidade....

    Beijo
    afonso

    O meu outro blogue:

    orespirardopensamento.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Muitas vezes na vida tentamos fechar a porta e partir...Mas ela fica sempre entreaberta para um regresso ou não...Mas que que pelo deixe uma nesga para que entre a claridade.

    Goatei

    Obrigada pela visita

    Bjgrande do Lago

    ResponderExcluir
  28. Boa tarde, li um comentário teu no Blog da Miss, mas não concordo, ser feliz com alguém , não pode ter a renuncia da própria felicidade, sempre achei que ser feliz e ter alguém e compartilhar, ser cúmplice, mas deixar a própria felicidade de lado para o outro, seria egoísmo da outra parte, se perceber e não reverter a situação, pois ninguém completa ninguém o que procuramos na realidade é um ser inteiro como nos, para dividir, situações, carinho e muita cumplicidade, sempre tento como primícia que somos indivíduos um diferente do outro, mas os dois querendo estar feliz, me perdoe o comentário, mas sempre gosto de um bom dialogo e com que escreve como você , sei que isso acontecera, espero que também tenha uma posição diferente, para continuarmos e assim nos conhecermos, amei a teus escritos e voltarei , para escreve poemas , beijos !!!

    ResponderExcluir
  29. Eu sempre tive um feeling, para certas pessoas, e depois dos meus lá traz 30 anos, ficou muito mais forte e esta você ai como prova vive que eu sabia que uma dialogo muito bom surgiria e lógico que entendo que a multiplicidade da mulher lhe cabe sim, esse deixar a própria felicidade de lado, agora com o teu maravilhoso comentário, sei o que você quis dizer, e felicito você pela tua coerência e explanação e me deixou radiante ter uma leitora dos meus contos tão carinhosa que voltou a lembrar de algo mágico, nossa juventude, você não sabe como me deixou muito feliz, pois minha forte intuição ainda funciona e agora vez ou outra vou te cutucar e faça o mesmo sempre que achar que deve , ou mesmo que não deve não deixe a vontade passar, para dialogarmos, muito obrigado por ser minha interlocutora e só me da estimulo para novos contos, que estão na minha mente a mexer comigo, espero ler outros comentários nos demais, bom valeu assustar um pouco você pois sai ganhando uma prazerosa amiga de diálogos e poesias belíssimas, tenha uma harmoniosa tarde, beijos !

    ResponderExcluir
  30. eu adorei tudo aqui...Tem uma esfera linda,ampla e gostosa de ficar.Voltarei.beijos

    ResponderExcluir
  31. Janaína
    Fiquei muito feliz com sua visita e vim agradecer.
    Encantei-me com este seu lindo espaço!
    Voltarei sempre, querida.
    Enorme abraço da
    Zélia

    ResponderExcluir
  32. Quando, numa despedida, ficam os perfumes, que eu gosto de descrever como "cheiros", ah... este convívio mostra que valeu a pena!

    Beijos e obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  33. Palavras deliciosas e belas enquadrando um soberbo poema.

    ResponderExcluir
  34. Ah, eu amo animais, cachorros principalmente, é tão triste quando eles nos deixam.

    Beijosss.

    ResponderExcluir
  35. Que bom seria se não houvesse despedida,
    não houvesse " até mais", ou " até breve".

    Seria bem melhor se em nossas vidas
    pudessemos optar e pedir pelo ficar.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  36. Eh...despedidas quase sempre são ruins..o até logo eh sempre melhor, mas angustiante da mesma forma rs

    bjus muito lindo! parabéns!

    ResponderExcluir
  37. Janaína, obrigada pela visita, volte sempre que quiser, viu?! Será muito bem vinda..

    E teus poema, puxa, dá gosto de ler..

    ResponderExcluir
  38. *
    belo poema,
    uma porta aberta
    é sempre sinal de confiança !
    parabes,
    ,
    conchinhas,
    ,
    *

    ResponderExcluir
  39. Janaína que lindo de viver...amei....despedidas são realmente um mistério muito doloroso...sempre achamos que sofremos mais que o outro lado...mas na verdade todos saímos juntando os cacos....
    Linda semana para ti querida...e é claro que estou a te seguir....bjs...

    ResponderExcluir
  40. Nossa, que lindo! Suas palavras traduzem exatamente a relutância em aceitar a partida do outro, as lembranças que ficam, a sensação irracional de que apesar de tudo dito, e tudo terminado, o outro ainda voltará. Belíssimo!

    ResponderExcluir
  41. Olá, boa noite!

    É a minha 1ª visita a este blog simpático e vistoso!

    Saudações poéticas

    ResponderExcluir
  42. (...)"Toda a delicadeza sabe se proteger"(...)Lindo, belo, reflexivo...BeijoOo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...